Ilhéus: Professores são ameaçados de morte por traficantes

Professores do Centro Estadual de Educação Profissional (antigo Colégio Estadual de Ilhéus) estão sendo ameaçados de morte por supostos traficantes, que tem enviado mensagens intimidando os profissionais e afirmando que matará os educadores. Nas mensagens enviadas por telefones celulares, inclusive com números identificados, os traficantes xingam os professores e acusam de terem acabado com as bocas de fumo na escola, por esse motivo dizem que vão matá-los. As mensagens foram enviadas, individualmente e como nomes de cada um dos professores, para diversos educadores.

O fato foi comunicado na manhã de quinta-feira, 10, à APPI/APLB-Sindicato, Delegacia Sindical Costa do Cacau, que encaminhará a denúncia à Secretaria Estadual de Educação, Ministério Público Estadual e Procuradoria Geral do Estado da Bahia. Os professores ameaçados também já prestaram queixa na Polícia Civil de Ilhéus, que está apurando o caso, tentando chegar aos autores das ameaças.

Assustados com as ameaças de morte, os professores afirmaram desconhecer a existência de qualquer boca de fumo ou de tráfico dentro do Centro Estadual de Educação Profissional de Ilhéus. Eles também questionaram os riscos que correm como educadores, uma profissão que, além de receber baixos salários, ainda convive com ameaças de mortes e de agressões físicas.

 

 

 

Fonte: Ascom da APLB

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui