Ilhéus: Por meio de um grande mural, artista conta um pouco da história de Ilhéus

alt

“Um dos maiores painéis a céu aberto do Sul da Bahia”. Assim, o secretário municipal de Turismo e Esportes de Ilhéus, Josenaldo Cerqueira, define o trabalho que o artista plástico Rildo Moreira, popularmente conhecido como Rildo Foge, realiza no paredão da na rua Bento Berilo, na subida do Hospital São José, no centro histórico da cidade. Após destacar a beleza da intervenção, “que contribui para melhorar o visual de qualquer cidade turística”, o secretário informa que o mural começou a ser pintado há duas semanas e será concluído até o final deste mês.

O escritor Pawlo Cidade, modelador de projetos da Setur, acrescenta que o painel ocupa uma área de 700 metros quadrados e contará parte da rica história do município. “É, sem dúvida alguma, uma verdadeira obra de arte que, esteticamente, vai valorizar muito aquela área do centro da cidade”, opina.

alt

Rildo Moreira, que já realizou trabalhos em diversos locais da Bahia e do Brasil, e ganhou vários prêmios regionais, afirma que é uma grande alegria contar, a partir da sua arte, um pouco da existência de um município tão importante como Ilhéus. “Por ser tão rica e exuberante, precisaria de muito mais espaço para pintar toda a história da nossa cidade”, brinca o artista.

Técnica – Autodidata e natural de Ilhéus, Rildo Moreira tem 35 anos e uma década e meia dedicada à cena cultural. Em seus trabalhos, o artista plástico utiliza a técnica da aerografia, espécie de pintura semelhante ao grafite, a base de esmalte sintético. Entre tantas outras intervenções do artista, destaca-se a pintura de um mural que retrata cenas da Bahia antiga, em uma parede da loja Alumicel, na rua Martins Tourinho, na Cidade Baixa, em Salvador.

Indagado certa vez sobre a arte e o seu significado, Rildo Foge sentenciou de forma despretensiosa: “as pessoas podem até não acreditar. Mas arte pra mim é tudo. Eu a enxergo nas coisas mais simples. Com isso, observando a vida ou participando de uma mera conversa com os amigos, vou treinando meu olhar para, na sequência, transpor tudo isso para os meus trabalhos”.

 

 

 

Secretaria de Comunicação Social – Secom.

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui