Ilhéus: PM e APPI discutem ações para combater drogas e violência nas escolas

Representantes da 68ª Companhia Independente da Polícia Militar em Ilhéus (CIPM) e da APPI-APLB/Sindicato, Delegacia Sindical Costa do Cacau, se reuniram na tarde desta segunda-feira com a Direc-06, diretores de escolas da rede estadual, Secretaria de Assistência Social e Guarda Civil Municipal para discutir sobre o combate a violência nas escolas e o uso de drogas por parte de alunos. O objetivo do encontro foi alertar para o problema e propor ações conjuntas para apontar estratégias de implementação de atividades preventivas na proteção de crianças e adolescentes contra o álcool e as drogas.

Durante a reunião os diretores das unidades escolares e a diretora geral da Direc-06, Ana Maria Oliveira, citaram questões como a falta de segurança nas escolas, o papel do educador, que desempenham múltiplas funções, e a ausência dos pais no processo de acompanhamento dos alunos. Também foram debatidas questões como a violência dentro e fora das escolas, a necessidade de acompanhamento psicológico para os profissionais de educação e ainda as drogas no contexto escolar.

O comandante do 68ª CIPM, Major Câmara, falou sobre o papel da Polícia Militar e a necessidade da realização de ações conjuntas para combater a violência, além de mover esforços entre os mais diversos segmentos da sociedade civil organizada de Ilhéus para debater sobre o uso de drogas por parte dos jovens e adolescentes. A presidente da APPI, Enilda Mendonça, citou a necessidade da realização de uma reunião mais ampla, contando com a participação dos demais diretores da rede estadual e também da rede municipal para que todos se envolvam nessa luta para combater a violência e as drogas nas escolas.

Como resultado do encontro ficou definido a realização de um concurso de redação onde os alunos poderão escrever ou desenhar sobre um tema a escolher. Também ficou confirmado a realização de um seminário sobre Segurança nas Escolas, no dia27 de novembro, no turno matutino, e uma grande caminhada contra a violência, também no dia 27, na parte da tarde, na avenida Soares Lopes, encerrando com a premiação dos vencedores do concurso de redação.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui