Ilhéus participa de “Conversa com o Ministério Público”

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Uma reunião pública do projeto ‘Conversa com o Ministério Público’ foi realizada na manhã desta quinta-feira, dia 21, no município de Ilhéus. O evento, que aconteceu no auditório da Justiça Federal, no Centro, foi presidido pelo procurador-geral de Justiça Márcio Fahel, acompanhado pela procuradora-geral de Justiça Adjunta Sara Mandra Rusciolelli Souza, pelo chefe de Gabinete do MP, promotor de Justiça Adalvo Dourado, e pelo coordenador da Gestão Estratégica da instituição, promotor de Justiça Marcelo Guedes. Juntos, eles responderam perguntas encaminhadas pelo público, dentre elas questões relacionadas à qualidade da educação e dos serviços de saúde, à proteção do meio ambiente, à promoção de reconhecimentos da paternidade, ao enfrentamento à criminalidade e à violência contra a mulher. “Todas as instituições públicas precisam estar abertas à comunidade. Isso deve ser feito pelos mais diversos meios. É preciso que os canais de comunicação estejam permanentemente abertos”, afirmou o PGJ, explicando que o objetivo do ‘Conversa com o Ministério Público’ é buscar uma integração maior com as comunidades do interior, com os promotores e servidores do MP.

A apresentação sobre o que é o Ministério Público e sobre o funcionamento da instituição nas áreas de atuação (criminal, direitos humanos, meio ambiente, criança e adolescente, saúde, educação, segurança, consumidor e cível) foi feita pelo coordenador da Promotoria Regional de Ilhéus, promotor de Justiça Pedro Coelho. Já o coordenador de Gestão Estratégica, promotor de Justiça Marcelo Guedes, explicou como o MP da Bahia se organizou para melhor atuar em cada uma dessas áreas, através de projetos estratégicos, definidos anualmente em um plano de atuação de acordo com o delineado no Plano Estratégico 2011-2023. Participaram do evento o vice-reitor da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Evandro Freire, o procurador-geral do Município, Otávio Carmo, o juiz federal Lincoln Costa e o representante da subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) em Ilhéus, Pedro Sanches, além de representantes de instituições públicas, membros da sociedade civil, líderes comunitários, religiosos, advogados, conselheiros municipais, professores, dentre outros. Na oportunidade, o PGJ recebeu do vice-presidente do Conselho Municipal de Educação, Pascoal dos Santos, um pedido de titularização da Promotoria de Justiça de Educação.

Lançamento de projeto estratégico

Na abertura da reunião, a promotora de Justiça de Vitória da Conquista Karina Cherubini, que por muitos anos atuou em Ilhéus, promoveu o lançamento das peças publicitárias do projeto de produção dos jornais ‘Eco Kids’ e ‘Eco Teens’. Segundo a promotora, os recursos para confecção dos jornais são garantidos pelas multas pagas por infratores ambientais. Lançado pela promotora em Ilhéus e já em execução há cinco anos, o ‘Eco Kids’ e ‘Eco Teens’ integram agora o rol dos projetos estratégicos do MP. Ele atua em três vertentes: educação ambiental, responsabilização pelo crime e aplicação das prestações pecuniárias na área ambiental. Os jornais são produzidos por estudantes de escolas públicas e privadas, que recebem aulas sobre jornalismo e fotografia.

 

 

 

 

Fonte: MP BA

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui