Ilhéus decreta estado de emergência na Saúde

alt
Foto: Divulgação

Para agilizar a reposição de medicamentos e outros produtos utilizados em atendimentos médicos nos Postos de Saúde da Família, em curativos e na prática odontológica, o município de Ilhéus decretou estado de emergência na saúde por 60 dias.

A decisão foi baseada no Relatório da Comissão de Apuração da Situação de Contratos, Bens e Serviços da Secretaria Municipal da Saúde, ao constatar que 23 contratos tinham prazo até 31 de dezembro de 2016.

O relatório descreve que “toda rede vem sofrendo com a ausência de produtos básicos, tais como medicamentos e insumos médicos e odontológicos o que compromete a prestação do serviço público essencial e de natureza contínua”.

De acordo com o vice-prefeito, José Nazal, durante a transição de governo, a nova equipe da administração não tomou conhecimento do vencimento dos contratos. “Para não prejudicar os atendimentos, o prefeito assinou o decreto com validade até a primeira quinzena de março”, disse.

Nazal enfatizou, no entanto, que todos os procedimentos já estão em andamento “para que os estoques sejam repostos”.

Fonte: Teixeira News

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui