Ilhéus: autoridades do MP e prefeitura discutem a construção de novo Fórum

Foto: Secom

A necessidade de encontrar um terreno que comporte a construção das sedes locais do novo Fórum, da Defensoria Pública e do Ministério Público voltou a ser debatida em Ilhéus nesta sexta-feira (20). Recebidas pelo vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal, autoridades do judiciário baiano voltaram a debater os pontos positivos e negativos dos terrenos sugeridos para doação da Prefeitura e futura execução do projeto.

Estiveram reunidos com Nazal, a Procuradora Geral de Justiça da Bahia, Ediene Lousado; a Procuradora-Geral Adjunta, Sara Mandra Rusciolelle e os promotores de Justiça que atuam no município, Paulo Eduardo Figueiredo e Silma Corrêa de Almeida. Também participou do encontro o Procurador Geral do Município, Márcio Cunha.

Nazal explica que hoje os serviços do judiciário são oferecidos em lugares separados e, em alguns prédios, como é o caso do Fórum Epaminondas Berbert de Castro, necessitando de grandes reformas. “Se tivermos um Centro Administrativo moderno, as instituições poderão ocupar um só lugar, facilitando a resolução das pendências do cidadão”, assegura Nazal. A proposta que ganha corpo nos debates realizados até aqui, é pela doação de uma área na zona sul, mais precisamente na rodovia Ilhéus-Olivença, mas os trâmites para a efetivação do projeto ainda estão sendo discutidos.

O Procurador Geral Márcio Cunha, destaca a importância de ter instituições como o Ministério Público localizadas em uma única área e na região para onde o município tem apontado um grande vetor de crescimento nos últimos anos. “Além da construção de uma nova sede, o Ministério Público e a Defensoria Pública estão pleiteando equipamentos mais modernos, pois os equipamentos que temos hoje no Fórum de Ilhéus são antigos e se encontram ultrapassados. Então o foco principal na realocação e integração dos três centros administrativos é melhorar a acessibilidade aos serviços destinados à população”, afirma.

 

 

 

 

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui