Ilhéus: Após manifestação, vereador é acusado de agredir manifestante

Na quarta-feira (28), o clima esquentou no plenário da câmara de vereadores de Ilhéus. Durante a sessão no local, dezenas de manifestantes do movimento “Reúne Ilhéus” adentraram no espaço e impediram a saída dos vereadores. A ação terminou em discussão e em um vereador agredindo fisicamente um estudante.

(Foto: Fábio Roberto)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Os militantes tentavam convencer os vereadores a aprovar a abertura de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) do transporte público, quando, de acordo com testemunhas, o vereador Alzimário Belmonte (PP), o Gurita, ao ser provocado por ter votado contra a CEI, ficou nervoso e agrediu fisicamente o estudante Thiago Pacheco, integrante do movimento Reúne Ilhéus.

Com a chegada dos manifestantes, a polícia militar havia sido acionada. O caso foi parar na delegacia.

 

 

 

Fonte: Radar Notícias, com informações do Pimenta

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui