Ibirapitanga: Adolescente que estava desaparecida é encontrada morta

Leidiane, de 16 anos, foi encontrada morta com a farda da escola em que estudava

Leidiane foi encontrada morta com a farda da escola onde estudava (Foto: Arquivo pessoal)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O corpo da adolescente Leidiane dos Santos, de 16 anos, que estava desaparecida desde a última terça-feira, 19, foi encontrado pela Polícia Militar no último sábado, 23. A vítima foi encontrada por um trabalhador rural, próximo à Fazenda Aliança, no município de Ibirapitanga. O homem fez a denúncia à policia, que foi ao local e encontrou a garota.

De acordo com a delegacia da cidade, a adolescente desapareceu quando saiu de casa e disse que estava a caminho do Colégio Estadual Paulo César Almeida Nova (Cepan), onde estudava. Segundo a polícia, o caso é um grande mistério. “Ninguém sabe o que aconteceu. Ela era uma menina de bem, brincalhona, alto astral e querida por todos. A cidade está em choque”, disse o policial de plantão em entrevista à reportagem.

Ainda de acordo com polícia, segundo relatos, no meio do percurso para a escola, a jovem tirou as sandálias e saiu correndo, pedindo socorro. Um carro preto deu socorro à jovem e, desde então, ela nunca mais foi vista. Policiais que trabalham na investigação do caso ainda não descobriram a quem pertencia o veículo que acolheu a adolescente e se ele tem algum envolvimento na morte dela.

Leidiane foi encontrada morta, usando a farda da escola onde estudava, sem nenhum sinal aparente de violência sexual. A jovem estava com um inchaço muito grande na região da cabeça que, segundo a polícia, foi provocada por uma segunda pessoa. “Ela foi assasisnada. Não sabemos por quem, nem o que houve. Alguém deve ter mandado matar ela, não tem explicação aparente. Vamos investigar se ela sabia de alguma coisa ou algo assim. A família e os amigos estão muito abalados. Ninguém esperava, porque ela não tinha problemas com ninguém”, disse o policial de plantão.

O corpo da adolescente foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica de Ilhéus (DPT), onde passa por perícia, e deve ser liberado hoje. O enterro está previsto para acontecer nesta segunda-feira (25).

A Polícia Civil já recebeu algumas imagens de uma câmera de segurança que registrou o momento em que a adolescente passou pelas proximidades do Hospital Municipal, que fica no trajeto que ela fazia todos os dias para ir à escola.

Outra jovem segue desaparecida

Além de Leidiane, outra jovem de Ibirapitanga também desapareceu neste ano. Em abril, Núbia de Oliveira, de 22 anos, desapareceu e, até hoje, a família não recebeu informações do paradeiro dela.

A polícia informou que o caso de Núbia ainda segue sob investigação, mas não há nenhuma pista de onde ela está, nem se a vítima está viva.

 

 

 

 

Fonte: Correio

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui