Homenagem do Jornal OSollo a todos os pais

O homem justo leva uma vida íntegra; como são felizes os seus filhos! – Provérbios 20, 7

A menção bíblica da integridade em consonância com o papel de ser pai não poderia ser mais oportuna.

Em dias como os atuais, nos quais assumir tal função com zelo e responsabilidade se torna tarefa difícil, é justa cada homenagem.

Diz a história que o Dia dos Pais nasceu no coração de uma garotinha norte-americana que decidiu homenagear o seu progenitor, que havia criado seis filhos após a morte prematura da esposa.

A data se tornou ideal para presentear, retribuir de maneira carinhosa toda dedicação dos pais de família. Embora assim seja feito na maioria das vezes, não se resume a isso.

O segundo domingo de agosto é oportunidade de reconciliação, de oração, de reflexão, gratidão. É dia de abraçar, beijar, partilhar um almoço.

Muitos dos pais talvez não possam estar em casa com seus filhos. O ofício lhes toma o tempo, mas lhes dignificam perante o lar. Até mesmo podem não estar mais fisicamente presentes, mas a lembrança permanece forte e viva.

Muitos dos pais são mães; há mães que cumprem o papel de pai; há pais por consideração; avôs, tios, irmãos mais velhos…

Voltando ao texto bíblico, celebramos o dia daqueles que instruem os filhos para bons objetivos, que se mantêm firmes na fé, corajosos e fortes, presentes e vigilantes.

Que grande bênção concede o Senhor! Quão maravilhoso é este dom.

Ser pai – em todas as suas configurações sociais. Que tal seja homem de caráter e que abunde em amor.

Essa é a homenagem do jornal OSollo a todos os pais entre nossa equipe, nossos amigos, parceiros, colaboradores e leitores.

Feliz Dia dos Pais!

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui