HOJE É NATAL!

“Hoje, na cidade de Davi, lhes nasceu o Salvador que é Cristo, o Senhor.” (Lucas 2.11)

Hoje é natal. Quantos você já vivenciou? Não temos certeza do dia que Jesus nasceu, mas vale a data que comemoramos. Mas, precisamos comemorar realmente o nascimento de Jesus. Precisamos, mas é bom ter consciência de que não é fácil pois o natal é mais misterioso e profundo do que estamos acostumados a fazer dele.
Fácil é misturar-se a todos e aproveitar a mesa, os presentes e tudo mais. Porém, o natal aconteceu porque o pecado nos alcançou. Com ele a maldade entrou na história. A maldade que produz mentiras, enganos, corrupção, pobreza, fome, racismo, preconceito e morte. A razão do natal é por haver tristeza e vazio no mundo. Por faltar amor e graça, verdade e misericórdia. Não se trata do Bom Velhinho, mas do Deus Menino.

Porque Deus tanto amou o mundo, hoje é natal! Porque o mundo estava sobre densas trevas, hoje é natal. Porque todos pecaram, hoje é natal. Porque o mundo está cheio de enfermos, no corpo e na alma, hoje é natal. Porque não fomos criados para o mal, mas para o bem, hoje é natal. Porque ninguém precisa viver ou morrer sem Deus, hoje é natal. O natal é a declaração na história de que Deus interveio na vida humana para nosso bem.
Estamos distantes dois mil anos da noite de natal. Da noite em que o Verbo se fez carne para habitar entre nós. Em que o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo recebeu um nome e uma família terrena para entregar-se por todos nós. Estamos distantes no tempo, mas que não estejamos distantes do espírito do natal, do significado do natal.

Se você sente-se perdoado dos pecados que já cometeu, isso é possível porque houve o natal. Se você pode orar e recorrer a Deus pendido ajuda e consolo, isso é possível porque houve o natal. Se você, depois de perder as esperanças ainda encontra espaço para ter esperança, visto que para Deus nada é impossível, isso é possível porque houve o natal. Então, separe um tempo e ofereça sua adoração e expresse sua gratidão. Serve o silêncio, servem palavras. Serve uma canção, serve um poema, serve um olhar para o céu. Apenas é indispensável que reconheça o grande amor de Deus por você e seu grande sacrifício em vir para nos chamar de volta para si. Feliz Natal!

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui