Greve dos caminhoneiros: forças policiais liberam BR-101; veja novidades de Teixeira

 

O Posto Cidade apresentava longa fila para abastecer por volta das 23h de ontem (29). Foto Sulbahianews

Por volta das 19h de terça-feira, a rodovia federal BR-101 foi desobstruída em ação conjunta da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Civil e Polícia Militar (7ª CIPM, Rondesp e Caema) em Eunápolis, altura do Posto Desejo.

Não houve resistência e, após diálogo com os manifestantes, eles próprios retiraram pneus, blocos de “gelo baiano” e uma tenda que estava no meio da pista de rolamento.

Os caminhoneiros que tinham seus veículos estacionados às margens da rodovia foram orientados a retirá-los do local, com pronto atendimento.

A ação policial foi motivada principalmente pelo fato de veículos de passeio e ônibus estarem sendo impedidos de passar no local, com grave lesão ao direito de ir e vir do cidadão.

Além disso, tomou-se conhecimento de que infiltrados no movimento estavam cobrando pedágio.

Uma guarnição da PM permanece no local para evitar o retorno dos manifestantes para a pista de rolamento.

Hoje, a gasolina que chegou ao Posto Skala na madrugada acabou por volta das 7h30. Muitos ficaram sem abastecer. Foto internauta

Teixeira de Freitas está recebendo combustível desde segunda-feira, 28 de maio. O caminhão chega na cidade escoltado pela polícia e abastece postos estratégicos. Na madrugada de terça-feira, 29 de maio, já foi possível ver caminhões de combustíveis escoltados chegando a dois postos da cidade. Em ambos, filas quilométricas se formaram e em poucas horas o combustível acabou.

Em um posto na região central, o combustível chegou durante a tarde e às 23 horas ainda havia fila no local para abastecer. Em outro, na Getúlio Vargas, o combustível que chegou pela madrugada já havia acabado às 7h30; a fila enorme teve que ser dissipada sem abastecimento.

Com a liberação da BR-101, espera-se que a situação melhore em algumas cidades do Extremo Sul.

Com informações Ascom 23ª Coorpin

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui