Geddel e César vão a Itapebí e prestigiam Dia do Trabalhador em Salvador


O deputado federal Geddel Vieira Lima e o senador César Borges foram neste sábado (1º de maio) à Itapebí, a 593 KM da capital, assistir a entrega da Central de Marcação de Consultas e Exames. A unidade reforça a luta dos municípios baianos em reverter o caos instalado na saúde pública.

A Central vai atender 50 pessoas por dia, marcando consultas e exames de média e alta complexidade a todas as especialidades. O objetivo é combater a longa espera pelo atendimento médico. “Construímos seis postos de saúde, uma maternidade, um pronto-socorro, compramos uma unidade móvel e ambulância. Fizemos da saúde o que o povo queria. E mais, 90% dessas obras foram com recursos próprios. Quem quer, corre atrás”, declarou que o prefeito de Itapebí, Claudio Henrique Ferreira de Carvalho (PMDB).

O ex-ministro da Integração Nacional disse que ações como as do prefeito “enche de orgulho e força para construir o futuro da Bahia que nós merecemos e podemos ter”.

O prefeito Claudio lembrou que Geddel já trouxe obras importantes para Itapebí. “A construção do cais do Rio Jequitinhonha, a pavimentação da Rua Vicente Barreira e da Rua da Maternidade, tudo graças a Geddel quando estava no ministério. Geddel abraçou a causa dos baianos, mas cada um de nós temos que fazer a sua parte. Ele saiu do governo e é hoje nosso pré-candidato a governador porque acreditou no potencial de cada um de nós”, recomendou o prefeito.

Mais uma vez o senador César Borges reafirmou a necessidade da Bahia ter um craque na administração. “Tenho certeza que fiz a escolha certa. Escolhi o melhor projeto. A Bahia não está sendo governada como deveria. Hoje temos um Estado que tem nos tirado o direito de ir e vir por que a violência tomou conta”

Ao pegar a estrada, Geddel e César assim que chegaram a Salvador, foram até o Campo do Pronaica, em Cajazeiras X, participar da comemoração do Dia do Trabalhador, 1º de maio, promovido pela União Geral dos Trabalhadores (UGT), que declarou apoio recentemente a pré-candidatura do PMDB a governador do Estado.
 

No local, o presidente da entidade na Bahia, Álvaro Rios, pediu para que Geddel e César defendessem a principal bandeira de luta: a redução da jornada de 44 horas para 40. “Dessa forma vamos gerar mais de 2 milhões de emprego no país”, justificou Álvaro.

 

Fonte: Ascom do PMDB da Bahia

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui