Funcionários do Banco do Nordeste encerram greve na Bahia

Decisão foi tomada em assembleia realizada nesta terça-feira, em Salvador.

Garantia da participação dos lucros e resultados social contribuiu para fim.

Assembleia de bancários do Banco do Nordeste (Foto: Divulgação/Sindicato)
Os funcionários do Banco Nordeste do Brasil decidiram encerrar a greve que acontecia há 27 dias. A decisão foi tomada na tarde desta terça-feira (15) em assembleia da categoria realizada em Salvador. Um dia antes, os trabalhadores da Caixa Econômica Federal finalizaram o movimento.

De acordo com o sindicato, a garantia da Participação nos Lucros e Resultados (PRL) Social, de 3%, é um dos benefícios conquistados durante mobilização. A entidade afirma que quase 100% das 300 agências do banco, no país, aderiram ao movimento grevista. Os funcionários dos bancos privados e do Banco do Brasil, qua também participaram da mobilização, tinham encerrado a greve na sexta-feira (14).

Acordo

Na madrugada de sexta-feira (11), o Comando Nacional dos Bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) chegaram a um acordo para encerrar a paralisação. Os principais pontos do acordo, segundo a Contraf-CUT, são 8% de reajuste (1,82% de aumento real); 8,5% (2,29%) de reajuste para o piso da categoria, e compensação pelos dias parados pela greve de até uma hora por dia (entre segunda e sexta-feira) até o dia 15 de dezembro.

Os bancários em greve haviam rejeitado, na segunda (7), uma proposta de reajuste de 7,1% oferecida pela Fenaban.

 

 

Fonte: G1

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui