Função social da rádio comunitária

A rádio comunitária ainda poderá ser vista como um dos braços mais importantes da comunicação social, desde que fique no meio e ao lado da população e que incorpore a legítima função social que a Constituição atribui aos meios de comunicação. Trabalhar com conteúdos de educação, saúde preventiva, direitos sociais, cultura, defesa da criança e da terceira idade, entre outros tantos temas urgentes para o Brasil, parece que deve ser condição obrigatória para a sua organização. Ao lado disso, independentemente das questões que surgem com o lento e polêmico processo da legalização, um grande debate sobre a qualidade das produções, o respeito à abrangência local e a adesão sincera ao projeto pequeno e sem fins lucrativos precisa ser iniciado com seriedade. (Fonte: Google)

Dilma e Aécio se abraçaram: respeito e democracia

O Brasil não guarda uma boa lembrança da última campanha presidencial. A reta final da eleição de 2010, que teve Dilma Rousseff e José Serra na disputa do segundo turno, descambou em alguns momentos para o mais rasteiro debate religioso e para ataques pessoais. Diante da perspectiva de mais uma corrida eleitoral acirrada, já em clima crescente de tensão, uma cena desta sexta-feira serve de alento — e pode até servir de exemplo para as eleições de 2014. A presidente Dilma Rousseff, que tentará a reeleição no próximo ano, dividiu palanque nesta sexta-feira com um de seus principais futuros adversários, o senador e pré-candidato à Presidência do PSDB, Aécio Neves (MG), em Uberaba (MG). Eles estavam na cidade para a abertura da 79ª edição da Expozebu. Durante o encontro, os dois conversaram por alguns minutos. Ambos também estavam convidados para uma feijoada oferecida pelo empresário Jonas Barcelos, dono de um dos maiores rebanhos de gado do país. (Brasil247)

Mobilidade Urbana e Trânsito

O transporte pessoal muda as cidades brasileiras. Soluções de mobilidade em geral, sistemas de gerenciamento de trânsito e a expansão das redes de metrôs prometem ajudar a solucionar o congestionamento das ruas e a qualidade de vida nas áreas centrais das cidades. Hoje, mesmo em cidades menores, como Teixeira de Freitas, está havendo problemas sérios na mobilidade das pessoas e também no trânsito, que cada vez mais está ficando caótico. Quem trafega na cidade tem mais dificuldade, do que numa capital, como Vitória, por exemplo.

Poda de árvores

Plantar árvores, além de embelezar, dá uma visão mais humana à cidade, diminuindo a intensidade do calor devido às sombras. Mais importante do que plantar é cuidar bem das árvores, através de podas regulares para direcionar o crescimento, aumentando a vida delas. Em Teixeira de Freitas, hoje, já bastante arborizada, a poda de árvores executada pela prefeitura está causando muita polêmica. Por muitos é considerada radical, com cortes que comprometem a saúde da planta.

O fantasma da inflação volta a rondar o país

Nas comemorações do Dia do Trabalhador, 1º de maio, tanto o governo, como a oposição e as centrais sindicais, tiveram como tema principal a discussão sobre a inflação. O senador Aécio Neves, convidado de honra do deputado Paulo Pereira da Silva, da Força Sindical, discursou contra a alta dos preços. Em seguida, Paulinho bateu na mesma tecla. Enquanto que a presidenta foi à TV reiterar que o Planalto “continuará nesta luta constante e imutável para garantir a estabilidade da moeda, mesmo que tenha que enfrentar interesses poderosos”. Afinal, tem inflação, ou, não?

Até LULA aderiu ao Facebook

Em sua página no Facebook, onde tem mais de 313 mil fãs, o ex-presidente postou frases que ressaltam os avanços na criação de empregos e recuperação do valor do salário-mínimo a partir do início de sua gestão, em 2003, até os dias de hoje. A grande atração é quando mostra que nos últimos dez anos o salário saiu de um patamar de US$ 72,00 para US$ 338,00, e a redução de 12,4% para 5,5% na taxa de desemprego.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui