Firjan eleva nota de desenvolvimento de Itororó

O Índice de Desenvolvimento Municipal da Federação da Indústria do Rio de Janeiro (IDM-FIRJAN), feito com dados oficiais de todos os municípios do Brasil, referente a 2009, deu nota 0.5453 para Itororó, cidade do Sul da Bahia. A média nacional considerada boa pelo governo gira em torno de 4.0 e 6.0, porém o município itororoense tem o que comemorar, pois houve um crescimento regular em seu índice que em 2008 era de 0.4909.

O IDM-FIRJAN é um indicador criado nos moldes do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), medido pela Organização das Nações Unidas (ONU) e foi criado para acompanhar – de forma regular – o desenvolvimento humano, econômico e social dos municípios brasileiros, já que o IDH só é divulgado pela ONU em grandes intervalos de tempo. Isso significa que a capital da carne de sol cresceu em educação saúde, emprego e renda.

O prefeito Adroaldo Almeida (PT) ficou satisfeito ao tomar conhecimento do crescimento de sua cidade, por que, segundo o alcaide, seu governo está no caminho certo. “Em campanha eu prometi aos meus eleitores que iria lutar para melhorar todos os indicadores da nossa terra querida, sendo que os principais seriam o IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) e o IDH. Pelo visto estou conseguindo cumprir minha promessa e quem ganha com isso é a população que a cada dia que passa ver a nossa qualidade de vida melhorar”, disse Adroaldo.

Os moradores de Itororó, inclusive os de correntes partidárias diferentes a do prefeito – como é o caso de Ualisson Damasceno, vice-presidente do PDT – aprovam o modelo de gestão adotado pelo petista Adroaldo Almeida. “Adroaldo é um político de visão e faz jus ao slogan de sua administração: ‘Para Quem Mais Precisa’. Ele tem cuidado das classes mais desfavorecidas e isso tem diminuído a diferença social entre as classes. A divulgação desse índice só vem confirmar o que a gente já sente na pele e ver a olho nu: Itororó está se desenvolvendo”, contou Ualisson.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui