Final de semana sangrento, com três assassinatos

Show do Chiclete com Banana

Teixeira de Freitas – O primeiro aconteceu na madrugada de domingo, 21 de novembro, na saída do show do Chiclete com Banana, realizado na noite de sábado, 20 de novembro, no Parque de Exposição de Teixeira de Freitas. A vítima foi o jovem Leonardo Aragão Rodrigues, de 22 anos, que morreu fatalmente quando um elemento desconhecido lhe desferiu uma facada na região do pescoço.

Informações de pessoas que estavam no show, são de que a vítima, que era carinhosamente conhecida como Léo, teria se esbarrado com o assassino durante a festa e, mesmo tendo ele pedido desculpa, foi ameaçado de morte. Léo não levou a ameaça a sério e continuou curtindo com seus amigos, porém, na saída do show, o jovem foi surpreendido com uma facada no pescoço.

Ele chegou a ser socorrido ainda com vida ao Hospital Municipal da cidade, mas, devido à grande quantidade de sangue que perdeu, morreu de anemia aguda.

Homicídio no Vila Vargas

O segundo homicídio aconteceu por volta das 19 horas de domingo, 21 de novembro, na Rua André da Cruz, no bairro Vila Vargas. Leomar Rosalino Gonçalves, de 23 anos, foi surpreendido por dois elementos a bordo de uma motocicleta, que efetuaram vários disparos de arma de fogo contra ele. A vítima, mesmo ferida, ainda tentou se esconder dos homicidas, que o perseguiram e acabaram conseguindo matá-lo.

Compareceram no local do fato, a Polícia Técnica liderada pelo perito criminal coordenador do Departamento de Polícia Técnica, Dr. Manuel Garrido, acompanhado do perito técnico Pablo Bonjardim e o auxiliar de necropsia Francisco, a Polícia Civil liderada pela delegada Andressa Carvalho e o investigador Aldo Pereira, os quais encontraram o corpo em decúbito ventral, trajando bermuda, camisa e boné com estampas.

A Polícia Civil conseguiu localizar, ainda no local do crime, oito cartuchos deflagrados de .40, que foram encontrados na rua, em frente ao imóvel onde a vítima acabou morrendo.

Homicídio no Castelinho

Já era madrugada da segunda-feira, 22 de novembro, quando a Polícia Técnica realizou outro levantamento cadavérico, desta vez na Rua Júlio Jerônimo, próximo ao lixão no bairro Castelinho. A vítima foi Márcio Gomes Araújo, atingido por vários disparos de arma de fogo.

A policia encontrou o corpo em decúbito dorsal, trajando bermuda xadrez, camiseta regata cor azul, com lesões na mão direita, na boca e na nuca.

A Polícia Técnica compareceu ao local do crime liderada pelo perito criminal Manuel Garrido, coordenador do Departamento de Polícia Técnica, e o perito técnico Pablo Bonjardim, acompanhados da Polícia Civil liderada pela delegada Andressa Carvalho – quem instaurou inquérito para apurar o assassinato –, além do investigador Aldo Pereira, que fez a colheita de provas que possam levar a elucidação de mais este assassinato.

Fonte: Jotta Mendes / Sulbahianews

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui