Fazendo o Enem? Conheça 15 curiosidades sobre a prova ao longo dos seus 20 anos

Ao longo de seus 20 anos de história o Exame do Ensino Médio vem acumulando muitas mudanças. E no artigo de hoje falaremos de 15 curiosidades sobre o Enem que podem ajudá-lo (a) a entender como essa prova vem se transformando, bem como outras informações um tanto curiosas sobre esse exame.

Fique por dentro de 15 curiosidades sobre o Enem.
Em 2018, o Enem completa 20 anos de história. (Foto: Shutterstock)

Confira 15 curiosidades sobre o Enem

#1 – Primeiro objetivo do Enem

Atualmente, a prova do Enem é tida por você como o principal meio de alcançar aquela tão sonhada vaga em uma universidade pública ou privada. Contudo, o objetivo da sua primeira edição, como o seu próprio nome diz, era avaliar os três últimos anos escolares, a fim de proporcionar algumas mudanças na base curricular do ensino médio.

#2 – Método de correção TRI

Uma coisa que talvez você não saiba é que a Teoria de Resposta ao Item é o método utilizado para a correção da prova do ENEM.

Tá, mas o que isso tem de tão curioso?

Bom, o grande diferencial desse método é que o seu cálculo leva em consideração aspectos como o nível de dificuldade das questões, que por sua vez pode atrapalhar aqueles que tentam trazer o espírito do futebol na hora da prova.

Isso porque, o chute pode ser extremamente prejudicial para o aluno, já que a principal característica da TRI é avaliar a lógica do seu desempenho. Sendo assim, se você acerta as questões mais difíceis e erra as fáceis, o sistema de correção entende que você chutou.

#3 – Uso do nome social

Com intuito de respeitar todas as diferenças que conferem a identidade de gênero de uma pessoa, desde 2014, o Enem possibilita que candidatos transsexuais e travestis posam usar o seu nome social na hora da inscrição.

#4 – Popularização do ingresso ao ensino superior

Atualmente, o ENEM é a porta de entrada para inúmeros estudantes brasileiros que buscam se profissionalizarem por meio de um ensino superior. Isso porque, programas como o PROUNI, SISU, FIES e Pronatec , acabam sendo os grandes responsáveis pelas milhares de inscrições que ocorrem todos os anos.

#5 – Mudanças de 2009!

O ano de 2009 foi tido como um ano de mudanças para o Enem, isso com objetivo de unificar os vestibulares para as instituições federais de ensino superior, o então ministro da educação Fernando Haddad  introduziu um novo modelo de prova, que diferente do que foi aplicado de 1998 a 2008, realizado em único dia com apenas 63 questões, nas provas de 2009  o exame passou a ter 180 questões e ser divido em 2 dias.

#6 – O ENEM e a transdisciplinaridade

É bem provável que essa nomenclatura soe um pouco estranha, mas caso você já tenha prestado a prova do Enem, saiba que o contato com conceito de transdisciplinaridade já aconteceu. Isso porque, uma única questão do ENEM é formulada a parir de mais de uma área do conhecimento. Logo, um exercício de Matemática poderá estar relacionado com Física, bem como Geografia  com História.

#7 – Aplicação das provas

Uma das coisas que vem mudando com os anos são as aplicações da prova do Enem.

Isso porque, em suas primeiras edições, essa prova era realizada em apenas um único dia, passando, depois, a ser distribuída entre os sábados e domingos. E, para este ano, dividida em dois domingos consecutivos, precisamente, no dia 04 e 11 de novembro.

#8 – Certificação do ensino médio

Até o ano de 2016 era possível obter a certificação do ensino médio por meio do Enem. No entanto, agora para aqueles que ainda não concluíram os 03 últimos anos da educação básica a única maneira de ter esse diploma é através da prova do Encceja, que também dá a oportunidade de concluir o ensino fundamental.

#9 – O segundo exame com mais inscritos do mundo!

No que diz respeito ao acesso ao ensino superior, em 2015, o Enem foi considerado o segundo exame com maior número de inscritos do mundo, totalizando 7.746.118 , perdendo apenas para a China, em que o Gaokao registrou 9 milhões de inscritos.

Em número de inscritos, o Enem só perde para uma prova na China. (Foto: iStock)

#10 – Maior quantidade de candidatos surdos no Ceará em 2015

Por mais que a educação para pessoas especiais ainda necessite de inúmeras melhorias no Brasil, em 2015 o estado do Ceará teve a maior quantidade de solicitações de tradutores e interpretes para os alunos surdos, ao todo foram 356 pedidos!

#11 – Treineiros tiveram a média maior do que alunos que estavam no 3º ano

Na edição do Enem de 2017, pesquisas levantadas pelo INEP, registraram que o desempenho dos participantes treineiros acabou sendo bem melhor do que o dos candidatos os concluintes do ensino médio.  De acordo com a matéria do O Globo, as médias dos treineiros totalizaram em:

  • Matemática 538,7 conta 522,4 ;
  • Ciências da Natureza 519,3 contra 508,4;
  • Linguagens e Códigos 570,6 contra 516,8;
  • Ciências humanas 526,6 contra 517,4.

#12 – Ciências sem Fronteiras

Com objetivo de formar profissionais ainda mais preparados, em 2011 o Ciência sem Fronteiras foi criado, dando a oportunidade para milhares de jovens brasileiros conseguirem bolsas em universidades internacionais por meio da nota do Enem, cobrando no mínimo 600 pontos.

#13 – Mães lactantes no estado de São Paulo

Dentre os atendimentos específicos que podem ser solicitados durante a aplicação do Enem, o da lactante é voltado para as mulheres que prestam a prova estando na fase de amamentação.  E entre os estados com maior número de mães que precisaram desse atendimento foi o de São Paulo com 1.102 candidatas no total de 9.598 em todo o Brasil.

#14 – Estudar em Portugal pela nota do Enem

Com objetivo de estreitar laços entre os dois países, hoje há cerca de 34 universidades portuguesas que aceitam a nota do Enem como forma de  ingresso!

#15 – Esquema de segurança caro!

Em 2012, data que foi tida como recorde no número de inscritos do Enem, logo o esquema de segurança, a fim de evitar fraudes e erros nas correções, custou R$ 266 milhões ao governo federal.

Fonte: Via Carreira

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui