Fake News

A dissolução das fronteiras com à queda do muro de Berlim e a dissolução da União Soviético e a vinda da Internet, transformou o que vemos, isto é, as coisas em si, não mais o concreto, por exemplo a elaboração de uma carta escrita com caneta, ou datilografada na máquina de escrever, limitamo-nos, na maioria das vezes, a ser apenas uma etiqueta, ou melhor nossas reivindicações são sempre cópias superficiais de outras cópias, através das pesquisas do google, ou e-mail sem uma elaboração cuidadosa.

Existiu na CPI da covid-19 a expressão “Um manda, outro obedece” justificando ser uma expressão da net. A  ficção do mundo digital contamina a vida real e entra no universo  enriquecido de informações muitas vezes de fake news , deturpando o viver.

Claro que um passarinho sempre cantará sua música e o vento sempre beijara seu rosto e se você olhar para o céu as estrelas respondem brilhando em silêncio. Mas se tiver os olhos no celular não estará vivendo mas sim copiando uma parte da realidade.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui