Facebook quer criar meio de pagamento inspirado em criptomoedas

Fotos: Reprodução

Você já pensou em realizar transações financeiras no Facebook? Melhor que isso, quem sabe poder ganhar dinheiro por assistir vídeos de publicidade ou acessar determinados conteúdos? Segundo o Project Libra, isso em breve será uma realidade para os usuários da rede social mais utilizada no mundo atualmente.

Segundo alguns portais, a rede social está trabalhando em um projeto que permitirá que o usuário realize transações financeiras sem precisar sair de sua conta para, por exemplo, enviar ou receber dinheiro de terceiros, utilizando, inclusive, criptomoedas.

Afinal, o que são criptomoedas?

Se você acompanha um pouco do mercado financeiro, certamente já ouviu falar em criptomoedas ou sobre o famoso bitcoin. Trata-se de uma moeda virtual, que pode ser utilizada em diversas transações pela internet e vem se tornando cada vez mais popular, já que pode ser convertida facilmente para qualquer moeda comum, tornando as transações mais universais.

Porém, uma dificuldade encontrada por muitos usuários das criptomoedas é que para boa parte das transações, é preciso contar com um banco externo e, apesar de ser uma opção cada vez mais popular, muitos usuários ainda preferem opções mais tradicionais. Ainda é forte o perfil de usuário que não gosta de compartilhar dados financeiros online. Prova disso é o uso de boleto no ecommerce e prestação de serviços. Tanto que até os mais modernos sites de apostas também aceitam boleto bancário para poder atender as demandas dos mais diversos usuários.

As criptomoedas, assim como qualquer outra moeda, sofrem a ação de índices inflacionários, fazendo com que seu valor real oscile conforme os movimentos do mercado. Porém, no caso das criptomoedas, como elas se comportam seguindo alterações financeiras do mercado internacional, nos últimos anos ocorreu uma valorização das criptomoedas em comparação com outras moedas, tornando-a mais atraente para investidores.

O Facebook pode ser um bom local para comércio?

Com certeza! Para os entusiastas do comércio digital, o Facebook se tornou, além de uma bela plataforma de lazer, o espaço ideal para fazer negócios. Existe, inclusive, inúmeras dicas para alavancar suas vendas utilizando as redes sociais.

O Facebook pode ser utilizado como uma plataforma de comércio de várias formas. Seja através do Marketplace ou utilizando suas páginas como forma de divulgação, você pode transformar suas publicações muito mais conhecidas e convertê-las em potenciais vendas em poucos cliques, contando apenas com o domínio das técnicas certas de marketing digital.

Como funciona o comércio no Facebook atualmente?

De forma geral, existem três possibilidades de uso do Facebook como ferramenta de vendas: através do Marketplace, utilizando páginas e em grupos específicos. Em todos os casos, o cliente é redirecionado a outro local (seja o chat para negociação ou site da empresa) para a finalização da compra. Ou seja, o Facebook serve como um local de divulgação, não de venda.

Apesar de reconhecer o potencial de vendas da ferramenta e já ter feitos vários ajustes ー hoje é possível informar o valor, disponibilidade e inúmeras informações sobre os produtos ー, a plataforma depende diretamente de recursos externos para os pagamentos. Por isso, contar com um mecanismo próprio da rede ofereceria muito mais segurança aos compradores e vendedores, além de garantir um maior tempo de permanência no site.

E o Project Libra irá ajudar em minhas vendas?

Ainda não sabemos ao certo de quais formas a plataforma de pagamentos do Facebook funcionará, mas ela vem sendo comparada por especialistas com o Apple Pay, que permite que você faça compras de forma rápida e intuitiva. Se o projeto seguir o processo da Apple, poderá ser útil para a realização de vendas ou negociação de serviços através da rede social.

Outra possibilidade levantada é a utilização desse novo recurso como uma forma de recompensa aos usuários que consumirem determinados conteúdos (por exemplo, que assistirem vídeos de publicidade ou que responderem questionários) como forma de estímulo na participação em campanhas específicas. Dessa forma, um novo grupo de possibilidades abre-se aos usuários do Facebook, que poderão transformar a plataforma em um meio de, por exemplo, adquirir uma renda extra.

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui