Extremo Sul: Governo apoia apicultores

Mais de 100 apicultores, moradores do município de Teixeira de Teixeira de Freitas, no Extremo Sul baiano, receberam o apoio do governo estadual, através da Secretaria de Desenvolvimento e Integração Regional (Sedir), para desenvolver suas atividades voltadas à cadeia produtiva da apicultura local, ampliando e modernizando a produção do mel.

Para agradecer o apoio da Sedir, o presidente da Associação dos Apicultores do Extremo Sul da Bahia (APIEXSU), Janhanderson Bongestab, esteve essa semana na sede da secretaria, no Centro Administrativo, em Salvador. “Agradecemos todo o apoio que a Sedir vem dando a nossa associação, inclusive, com aporte de recursos, atendendo não só o município de Teixeira de Freitas, mas toda a região”, disse.

Segundo o presidente, com o apoio, o município de Teixeira de Freitas pôde chegar à posição de terceiro produtor do estado no censo de produção do mel. “Isso não acontecia no ano passado porque a produção ainda não havia se adequado às normas estabelecidas pelo Ministério da Agricultura e pelo SIF – Serviço de Inspeção Federal”, explicou Bongestab.

O apicultor destacou que, somente após o convênio firmado com a Sedir, a associação teve condição de promover as adequações e modernização necessárias de forma a atender as exigências federais. “Conseguimos restabelecer o SIF – Selo de Inspeção Federal – que dá a condição de compra de nossos produtos em todo o território nacional. A iniciativa da Sedir beneficia todos os produtores do Território de Identidade do Extremo Sul”, assinalou.

A expectativa, informou Bongestab, é de que o Território do Extremo Sul venha ser o maior produtor de mel do estado em curto espaço de tempo. “Essa inclinação se tornou maior em função de características únicas que o Território oferece na flora, com a grande oferta de pastos apícolas, dos plantios de eucalipto, extensos manguezais e cafezais, áreas de mussurungas, remanescentes de restinga e Mata Atlântica.

Fundada em 1995, a APIEXSU está localizada em Teixeira de Freitas e possui cerca de 100 apicultores, com 80% dos associados oriundos da agricultura familiar Hoje, a associação comercializa os produtos em sistema de atacado e também no varejo em baldes de 250g, 280g, 350g, 450g e 500g, além de sachês. O convênio firmado entre a associação e a Sedir já viabilizou a primeira venda por meio do PAA – Plano de Aquisição de Alimentos.

 

 

Fonte: Ascom da Sedir

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui