Ex-presidente da Câmara de Eunápolis tem que restituir R$ 59 mil aos cofres municipais

O Tribunal de Contas dos Municípios, nesta terça-feira (20/07), negou provimento ao pedido de reconsideração referente à denúncia contra o ex-presidente da Câmara de Eunápolis, Vasco da Costa Queiroz, relativa ao exercício de 2007, por irregularidades nos empréstimos consignados em convênio com o Banco Matone.

Por não ter apresentado novos esclarecimentos, o relator, conselheiro Fernando Vita, manteve a imputação de multa, no valor de R$ 2 mil e determinação de ressarcimento aos cofres municipais do correspondente a R$ 59.657,40.

O relatório de inspeção apresentado por técnicos do TCM, que estiveram na sede do Legislativo, confirmou a existência de empréstimos consignados, no valor total de R$ 59.657,40, feitos em nome de pessoas que não integram o quadro de pessoal da câmara, além de ter sido constatado também o não recolhimento das contribuições previdenciárias ao INSS.

 

Fonte: TCM

 

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui