Evite aglomerações: tire dúvidas e saiba como movimentar o Auxílio Emergencial

A Caixa informa que é desnecessária a corrida às suas agências e casas lotéricas para ter acesso aos recursos do Auxílio Emergencial

A cena se repete em diversos pontos. Foto gentilmente enviada por um internauta

Com a notícia de que os pagamentos do auxílio emergencial do Governo Federal começaram, as filas e aglomerações se multiplicaram em Teixeira de Freitas e por todo o país.

Inúmeras pessoas se dirigem às agências da Caixa Econômica Federal e casas lotéricas, contrariando orientações dos órgãos de saúde e da própria instituição.

Conforme comunicado da Caixa, não é necessário se expor ao perigo em aglomerações para movimentar o dinheiro (para aqueles que já foram depositados) ou mesmo para saber se está cadastrado a receber.

Entenda:

  1. Brasileiros que se enquadram nos critérios para receber o benefício devem se cadastrar exclusivamente pelo app [Android ou iOS] ou pelo site.

Quem está no CadÚnico, ou que também recebe Bolsa Família, são informados no momento do cadastro e não precisam preencher mais informações. Estes estão automaticamente inscritos e já começaram a receber por etapas específicas.

Quem não está no CadÚnico, e ainda em análise, podem começar a receber a partir da próxima quinta-feira (16), se aprovados.

2. A disponibilização dos pagamentos tem obedecido a um cronograma preestabelecido. [Confira no fim desta matéria]

Lançamento do aplicativo CAIXA | Auxílio Emergencial. Foto: Agência Brasil

Quem já tem conta na Caixa ou optou por abrir uma Poupança Digital poderá, por exemplo, pagar boletos e contas de água, luz, telefone, entre outras, SEM TER QUE IR ÀS AGÊNCIAS.

É possível também efetuar transferências ilimitadas entre contas da Caixa ou realizar gratuitamente até três transferências para outros bancos a cada mês, pelos próximos 90 dias.

O acesso e movimentação da Poupança Digital Caixa ocorrerá pelo app Caixa Tem, disponível nas lojas de aplicativos Google Play e App Store.

Para utilizar o aplicativo, que tem fácil navegação e baixo consumo da memória do celular, basta que o usuário se cadastre utilizando o CPF. Além de movimentar a poupança digital, será possível consultar FGTS, PIS, Bolsa Família, entre outros serviços.

Na data prevista para início do saque em espécie, o cliente terá esta opção habilitada no aplicativo CAIXA Tem.

Bastará informar o valor a ser retirado e será gerado um código autorizador para saque nos caixas eletrônicos e casas lotéricas.

Com informações: Caixa Econômica Federal

Calendário geral

Calendário da primeira parcela

  • Pessoas que estão no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família e têm conta no Banco do Brasil ou poupança na Caixa Econômica Federal: quinta-feira (9);
  • Pessoas que estão no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família, com conta poupança digital na Caixa ou conta no Banco do Brasil, incluindo neste grupo as mulheres chefes de família: a partir de terça-feira (14 de abril);
  • Trabalhadores informais que não estão no Cadastro Único: em 5 cinco dias úteis após inscrição no programa de auxílio emergencial via app e site;
  • Beneficiários do Bolsa Família: últimos 10 dias úteis de abril (iniciando no dia 16), seguindo o calendário regular do programa.

Segunda parcela

  • Pessoas que estão no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família e trabalhadores informais inscritos no programa de auxílio emergencial via app e site: entre 27 e 30 de abril;
  • Beneficiários do Bolsa Família: últimos 10 dias úteis de maio, seguindo o calendário regular do programa.

Terceira parcela

  • Pessoas que estão no Cadastro Único que não recebem Bolsa Família e trabalhadores inscritos no programa de auxílio emergencial via app e site: entre 26 e 29 de maio;
  • Beneficiários do Bolsa Família: últimos 10 dias úteis de junho, seguindo o calendário regular do programa. [Do G1]

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui