Evento “Kizomba” debate questões raciais

Foto: Rodrigo Hadja
Debater as questões raciais, valorizar e resgatar a história do povo negro são os objetivos do evento “Kizomba – Resistência Cultural de um Povo”, que será realizado nos dias 19, 20 e 23 de novembro, em Porto Seguro, para comemorar o Dia da Consciência Negra.

Organizado pelo Instituto Sociocultural Brasil Chama África, com apoio da Prefeitura de Porto Seguro, o evento acontece pelo quarto ano consecutivo, reunindo educadores, estudantes, artistas, organizações não-governamentais e representantes da comunidade. “O encontro começou com uma pequena palestra e vem crescendo a cada ano, com uma mobilização expressiva de participantes interessados no assunto”, afirmou a presidente do Instituto Brasil Chama África, professora Maria Erotides Morem.

Na programação do evento para 2010, está agendada a Eleição da Beleza Negra, no dia 19 de novembro, às 19h, no Centro de Cultura, quando será marcado o início da programação. No dia 20 de novembro, a partir das 15h, também no Centro de Cultura, acontecerão manifestações culturais diversas, com apresentações musicais, teatro, dança e poesia.

O encerramento das atividades está programado para o dia 23 de novembro, às 15h, com o seminário “Racismo Existe?”, ministrado pelo professor Cristiano Raykil, na Faculdade Nossa Senhora de Lourdes.

De acordo com José Arlindo, vice-presidente do Instituto Brasil Chama África, debater a questão racial é o principal foco do Kizomba. “Precisamos promover essa discussão para que as desigualdades sejam enfrentadas, o que é interessante para toda a sociedade”, comentou.

Toda a programação é gratuita e aberta ao público. Entre os apoiadores da iniciativa estão as Secretarias Municipais de Trabalho e Desenvolvimento Social, Turismo, Administração, Meio Ambiente, Educação e Saúde, além da Câmara de Vereadores, Conselho da Igualdade Racial, Grupo Executivo Intersetorial, Centro de Cultura, Fundação Cultural do Estado da Bahia e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFBA).

Fonte: Cyntia Farabotti/Ascom da Prefeitura de Porto Seguro

 

 

 

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui