Eunápolis e Cabrália: Planos de Ação para conservação e restauração de Mata Atlântica será construídos em oficina participativa

Em setembro, Gambá, SOS Mata Atlântica e prefeituras locais realizaram oficinas com a participação de lideranças locais em Eunápolis e Santa Cruz Cabrália para diagnosticar a situação de conservação, potencialidades e ameaças à Mata Atlântica nos dois municípios. Com as informações levantadas, agora é hora de reunir novamente os mais diversos atores sociais locais para construir um plano de ação para conservação e recuperação do bioma. É esse o objetivo das oficinas que acontecerão na última semana de novembro (25, 26, 27 e 28) e que vão dar continuidade ao processo de construção dos Planos Municipais de Conservação e Recuperação de Mata Atlântica dos dois municípios.

Nas oficinas realizadas em setembro, os participantes localizaram em mapas os usos e conflitos da mata atlântica e identificaram as fraquezas e potenciais para sua conservação e recuperação. “Os diagnósticos estão em processo de conclusão, serão apresentadas informações que contribuirão para uma compreensão da atual situação dos municípios e darão elementos para a elaboração do plano de ação”, explica Milene Maia, coordenadora do projeto. O resultado será um plano de ação a ser aprovado pelos conselhos municipais de meio ambiente e que dará ao município um instrumento de gestão territorial para atuar ativamente na conservação da Mata Atlântica.

Para planejar as ações relativas a alguns eixos temáticos como conservação da sociobiodiversidade, turismo, gestão ambiental, entre outros, o Gambá está mobilizando representantes de inúmeros setores sociais dos municípios. Para Juca Cunha, consultor do projeto, o envolvimento social é fundamental: “A participação tem dois aspectos, uma é que o plano tem promovido um reconhecimento do bioma Mata Atlântica por parte da comunidade envolvida. Fazendo as pessoas se apropriarem efetivamente e reconhecerem o bioma como um vetor socioeconômico. O segundo aspecto é a corresponsabilização. A participação se reflete no resultado final do plano, na hora de definir uma ação concreta de conservação e recuperação”.

Para a construção dos planos de ação cada oficina terá dois dias de duração e é aberta à participação de todos e todas. Dias 25, o dia inteiro, e dia 26 pela manhã acontecerá a oficina em Eunápolis. Já Santa Cruz Cabrália reúne-se nos dias 27,dia inteiro, e 28,pela manhã.

SAIBA MAIS SOBRE O PROJETO E OS PLANOS MUNICIPAIS DE MATA ATLÂNTICA

A construção do diagnóstico de Eunápolis e Santa Cruz Cabrália faz parte do projeto executado pelo Gambá e SOS Mata Atlântica, em parceria com a Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente – ANAMMA, WWF, Conservação Internacional, Veracel Celulose, Rede de ONGs da Mata Atlântica, Conselho Nacional da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica e prefeituras. Serão realizados os Planos Municipais de Conservação e Recuperação de Mata Atlântica de 9 municípios do sul e extremo sul da Bahia: Belmonte, Canavieiras, Eunápolis, Mascote, Guaratinga, Itabela, Itagimirim, Itapebi e Santa Cruz Cabrália.

 

SERVIÇO:

Oficina em EUNÁPOLIS

QUANDO: 25/11 – 8 às 17h

26/11 – 8 às 13h

ONDE: Colégio Estadual Dr. Clériston Andrade, R. Paulino Mendes Lima, 674, Centro, Eunápolis.

Oficina em SANTA CRUZ CABRÁLIA

QUANDO: 27/11 – 08 às 17h

28/11 – 08 às 13h

ONDE: Auditório da Secretaria Municipal de Cultura, Praça da Bandeira, nº 01, Centro, Canavieiras.

 


Fonte: Ascom

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui