Estoque de medicamentos de Teixeira está 80% abastecido, informa secretário

Estoque de medicamentos está em 80%, afirma secretário. Foto: Reprodução

No fim da tarde desta sexta-feira, 04 de dezembro, o secretário municipal de Saúde de Teixeira de Freitas, Hebert Chagas, veio a público, através das redes sociais, apresentar informações acerca do estoque de medicamentos e outras ações alinhadas a recursos recebidos pelo Município para o combate à covid-19.

Hebert atribuiu à organização e planejamento da pasta que o estoque de insumos e medicamentos da Rede Pública Municipal de Saúde vem mantido abastecido e investimentos na aquisição de novos equipamentos e materiais permanentes para dar melhores condições aos usuários e servidores das unidades de saúde de Teixeira de Freitas.

Toda essa organização se dá graças aos incentivos financeiros recebidos pelo Município para o combate a COVID-19, todo recurso está sendo aplicado de forma responsável e pode ser verificado através do site do Portal da Transparência ou pessoalmente pela população em nossos depósitos“, cita a publicação do secretário.

Ainda conforme o texto, através desses recursos, foi mantido o Hospital de Campanha (UTI-Covid) e realizados:
  • o pagamento de salário de médicos e profissionais da saúde,
  • a estruturação do 1º Centro de Atendimento ao COVID do interior da Bahia,
  • a compra de equipamentos essenciais para o diagnóstico precoce da doença, como exemplo, aparelhos de Raio X, Testes Rápidos,
  • entre outros.

A publicação afirma que o estoque de medicamentos, atualmente, encontra-se 80% abastecido. “Regularmente, o Município tem feito a reposição de medicamentos essenciais para garantir a continuidade do tratamento de milhares de pacientes atendidos na Rede Municipal de Saúde. Medicamentos como o Carvedilol, que chegaram a faltar por indisponibilidade no mercado, estão entre os itens recebidos recentemente“, informa.

Informações fora publicadas em sua rede social. Foto: Reprodução

Através dessa organização é possível fazer as previsões e evitar que os medicamentos faltem nas prateleiras das unidades por muito tempo. É claro que existem situação pontuais que muitas vezes fogem do nosso controle, como atraso de entrega, processos burocráticos morosos, por exemplo. Mas, trabalhando desta forma, nós estamos conseguindo garantir que não falte a grande maioria dos medicamentos tidos como essenciais”, disse Hebert.

A publicação ainda traz informações em relação aos antibióticos das unidades de Saúde, principalmente do Hospital Municipal de Teixeira de Freitas. Sendo que estão disponíveis, em “uma grande quantidade e de classes diferentes“:

1. AMICACINA 250mg
2. AMPICILINA SÓDICA 1g
3. AMPICILINA + SULBACTAN (1g + 0,5g)
4. AMPICILINA + SULBACTAN (2g + 1g)
5. AZITROMICINA Di-hidratada 500mg
6. BENZILPENICILINA 1.200.000 UI
7. BENZILPENICILINA 5.000 UI
8. CEFEPIME 1g
9. IMIPENÉM + CILASTATINA (500mg + 500mg)
10. MEROPENEM 500mg
11. METRONIDAZOL
12. CEFAZOLINA 1g
13.CEFOTAXIMA 1g
14. CEFTRIAXONA 500mg 15. CEFTRIAXONA 1g 16.CLINDAMICINA 150mg 17. VANCOMICINA
18. OXACILINA
19. PIPERACILINA + TAZOBACTAN
20. POLIMIXINA B
21. LEVOFLOXACINA
22. TRIMETOPRIMA – SULFAMETOXAZOL
23. LINEZOLIDA
24. VANCOMICINA

25. SUCCINATO SÓDICO DE CLORANFENICOL

E encerra: “Todos estes antibióticos citados acima estão disponíveis na Farmácia do Hospital Municipal de Teixeira de Freitas e demais unidades, atualizado hoje dia 04/12/2020“.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui