Estadual: Amurc apresenta parceria com o Instituto Natura

A melhoria na Gestão Pública e na Educação Municipal é o foco do convênio a ser firmado entre a Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste Baiano – Amurc e o Instituto Natura. A proposta foi apresentada na Reunião do Fórum de Secretários de Educação – FORSEC, nesta quarta-feira, 19, na Universidade Estadual de Santa Cruz – Uesc, com a presença de prefeitos, gestores municipais e profissionais da Educação.

Segundo a coordenadora de projetos do Instituto Natura, Márcia Ferri, o convênio visa permitir aos municípios da região, o acesso às tecnologias disponíveis pelo Instituto, no sentido de implementar as tecnologias de melhorias da qualidade da educação, pelos programas de qualificação do Instituto. Junto a essa proposta, a implantação dos Planos de Educação e de Cargos e Salários da Rede Pública Municipal, na área de atuação da Amurc e do Consórcio de Desenvolvimento Sustentável – Litoral Sul.

O presidente da Amurc explica que o convênio é firmado com a entidade municipalista e o município interessado nesse conjunto de propostas faz adesão a esse plano. “O Instituto irá formular a proposta oficial a Amurc, que vai estar reunido com os prefeitos dos municípios associados para discutir os passos dessa proposta. Esperamos estar, em janeiro de 2015, trabalhando nesse contexto de implantação dessas ações”, destacou.

O Instituto Natura promove e apoia projetos que se complementam e estruturam a organização da Rede de Apoio à Educação, programa concebido pela instituição, que integra projetos e comunidade na execução de políticas educacionais, potencializando compromissos e resultados. De acordo com o relatório de 2013, na Bahia, 10.261 escolas de 417 municípios já estão sendo beneficiados.

O município de Coaraci, por exemplo, já atua com o projeto Conviva Educação, um ambiente virtual, gratuito, que oferece ferramentas de gestão, formação e troca de experiências fundamentais para apoio à gestão das Secretarias Municipais. De acordo com a secretária de Educação do município, Rosilene Vila Nova, que também é representante da União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) na região, “é um envolvimento inicial, mas já conseguimos vislumbrar as possibilidades que o Conviva traz para as Secretarias de Educação”.

Para o Pró-Reitor de Extensão da Uesc, Alessandro Santana, a proposta será uma oportunidade para alinhar o diálogo e fortalecer as relações entre as entidades envolvidas, inclusive com a participação da Universidade, para trabalhar de forma coletiva, visando o desenvolvimento social. Nesse contexto, “é um momento importante para que as soluções para os problemas individuais sejam alcançados de forma coletiva”, afirmou.

30 ANOS

Nesta sexta-feira, 21, a Amurc completa 30 anos de fundação, em defesa do municipalismo na Região Cacaueira. De acordo com o presidente Lenildo Santana, hoje a entidade se consolidou como uma das mais importantes do Estado da Bahia, com “voz ativa” no cenário nacional e estadual, sempre na defesa dos interesses municipais.

“O grande ganho hoje é ter a capacidade de falar pelo municipalismo regional, de estar defendendo os interesses do municipalismo regional. Paralelo a isso temos as ações de luta que desenvolvemos ao longo desse período. Recentemente tivemos o SOS Municípios, paralisamos as prefeituras da região na defesa da ampliação das receitas municipais. Nós tivemos a criação do Programa AGIR, que vem permitindo a capacitação dos gestores municipais e dos seus auxiliares ao longo de dois anos”.

Lenildo destaca ainda que a entidade tem um papel importante na implantação da Universidade Federal do Sul da Bahia, assim como foi na implantação da Uesc, e de diversos outras instituições. “Agora, estamos com a discussão da Saúde Regional, outro aspecto importante, que no momento temos dado uma atenção especial por conta de ser, talvez, o problema mais grave operacional na região”.

 

 

 

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui