ESSA TAL FELICIDADE

Muitas pessoas vivem reclamando que não conhecem a tal “felicidade”, ou que já conheceram, mas sentem falta de dias felizes já vividos… Então preparei algumas dicas para se viver mais feliz:
1. Determine-se a sofrer menos por coisas e situações sem importância. Aprenda a lidar de maneira mais tranquila com situações inesperadas. Lembre-se que a única certeza que temos é que tudo passa e que tudo muda. Aprenda a não se desesperar com as adversidades e possíveis frustrações. Na maioria das vezes, quando nos deparamos com o inusitado, perdemos a capacidade de raciocínio e tomamos atitudes baseadas na impulsividade. Não faça isso com você. Respire fundo, reflita e somente depois que conseguir se guiar pela razão tome a decisão adequada.
2. É preciso antes de mais nada refletir sobre a maior e mais verdadeira lei que existe neste planeta: a lei da transitoriedade. Tente compreender com o coração e não racionalmente esta verdade. A vida é uma grande roda na qual estamos atados. Em um momento estamos em cima e nesse momento devemos ter consciência que em breve estaremos fazendo o movimento descendente. Procure não deixar passar as oportunidades e as bênçãos que tens recebido do Universo. Quando sabemos que o inverno vai chegar, o melhor que temos a fazer é deixar reservada alguma lenha para nos aquecer.
3. Busque o prazer. Não se submeta à vontade de pessoas que não dão a mínima para você. Ame-se, cuide-se, não se violente fazendo o que não gosta. Diga não quando for necessário. Respeite-se.
4. Se a vida te dá um limão, faça uma limonada! Pare de se queixar pelo que não tem, pare de olhar o que te falta. Aprecie o que a vida lhe oferece e se puder observar mais minuciosamente perceberá que tem o bastante para este momento. Caso ache pouco, deve começar desde já a construir um novo futuro, com mais abundancia e prosperidade. A queixa faz parte de um processo infantil ainda não superado, mostrando que existe ainda em você uma criança dependente. Se sua vida não está de acordo com o que deseja, faça melhor daqui para frente.
5. Em seu dia a dia procure ocupar-se de poucas coisas. Cuidado com a tendência a fazer muitas coisas de uma só vez, pois isso só gera ansiedade e intranqüilidade. Dessa forma você não vai conseguir a harmonia que pretende. Lembre-se: o tempo sempre está a nosso favor. Não tente atropelá-lo, pois essa atitude é uma forma de tortura auto imposta. Busque a tranqüilidade, seja mais amoroso consigo mesmo, observe seus limites e respeite-os.
6. Procure buscar dentro de você, pensamentos de paz e serenidade. Saia conscientemente de um estado de desassossego. Comece pela sua respiração e diminua seu ritmo ao caminhar e até mesmo o ritmo de seus pensamentos. Momentos de descanso e até mesmo de ócio são altamente saudáveis.
7. Aceite a vida com o que ela tem de melhor e de pior. Aceite as adversidades e pare de achar que é a única pessoa com problemas neste planeta. Acredite, existem pessoas que, neste exato momento estão sofrendo muito mais que você. Busque a compreensão, a aceitação e conseqüentemente encontrará a serenidade.
8. Pratique a simplicidade. Se precisar, diminua o tamanho da sua ambição, ou ao menos, dê-se um prazo maior para conseguir o que deseja. Já parou para pensar nisso? Será que você precisa mesmo de tudo o que a sociedade tem exigido de você? Procure ser simples e natural no falar, no vestir, no pensar. A vida é uma só e o seu momento é agora.
9. Viva cada segundo a seu tempo, um dia de cada vez. Desenvolva a fé de que a vida caminha por si só, independente do nosso controle. E lembre-se: existe algo ou alguém olhando e cuidando de você. Faça a sua parte e entregue o que não está sob o seu controle. Entregue à própria vida, a Deus, ao Universo ou a qualquer força que acredite existir. Confie e você vai se surpreender com os resultados.
10. Fique atento, pois a maioria das pessoas ao nosso redor estão insatisfeitas e frustradas, carregadas de ambição de poder e dificuldade em amar e se relacionar desinteressadamente. Portanto, não se submeta aos humores dos outros – viva e seja você mesmo, independentemente do que o outro é e sente em relação à vida e a você.
11. Busque e trabalhe pela sua independência. Conte consigo mesmo na construção de sua felicidade. Quando você aprender a se amar tudo te será dado. Ame-se, cuide de si mesmo. Mas cuidado com o narcisismo, não seja egoísta. Olhe para os outros da mesma maneira que olha para você, como um ser humano com necessidades e medos como você.
12. Pare de fazer planos a longo prazo, pois dessa forma você perde o controle sobre os seus passos. Faca planos anualmente, pois dessa forma é possível organizar cada atitude e decisão que deve tomar e cada passo que deve dar em direção às suas metas.
13. Tenha como objetivo melhorar o que há de pior e aperfeiçoar ainda mais o que há de melhor em você. Mas não se esqueça de sempre ser muito amoroso consigo mesmo. Aceite seus limites e não acredite que não possa fazer melhor.
14. Você pensa na morte? Pois deve pensar! Você é mortal, sabia? Nenhum de nós escapará desse momento, desse destino. Não pense na morte de maneira mórbida, mas como a finalização de uma história de luta, perdas e conquistas.
15. Aprenda a envelhecer com dignidade. Cultive sua alma, suas melhores qualidades, o amor que possui dentro de si. Cuide de si mesmo, de suas emoções e de seu corpo, sem neuroses, sem obsessões.
Seja feliz!

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui