Espírito Santo: Amor e alegria!

“Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei.”

(Gálatas 5.22-23)

O amor é central na fé cristã. Deus é amor (1 Jo 4.8). Ele amou o mundo de maneira tal que deu-nos Jesus (Jo 3.16). Sem amor, ainda que eu fale línguas, saiba mistérios, possa profetizar entregue tudo que tenho e até meu corpo à morte, não teria valor (1 Co 13.1-3). O amor é a primeira marca da presença do Espírito Santo em nossa vida. Lembro-me em minha juventude quando aprendi que deveria buscar o batismo com o Espírito Santo. Naquele tempo aprendi que eu precisava crescer na vida cristã e o lugar almejado seria ser alguém batizado com o Espirito Santo. Aí eu entenderia coisas sobre Deus e poderia ser muito usado por Deus. Poderia ter as experiências sobrenaturais que aqueles que tinham o Espírito Santo manifestavam. Eles tinham visões, recebiam mensagens para outros e parecia terem um poder divino para lidar com as coisas espirituais.

Um detalhe: chegar a receber o Espírito Santo dependeria do quanto eu o buscasse e do quanto consagrasse minha vida. Era uma questão de merecimento! Não duvido da fé de muitas pessoas com quem convivi. Não duvido de seu relacionamento com Deus. Não duvido que haja certos dons sobrenaturais que Deus concede segundo Sua vontade e para edificação. Mas o que creio realmente é que o Espírito Santo nos é dado, não como um prêmio para os mais dedicados, mas como parte da ação de Deus para nos tornar novas pessoas. Não se trata do quanto merecemos, mas do amor de Deus por nós. Sem o Espírito Santo não poderíamos ser discípulos de Cristo. Sem o Espírito Santo não poderíamos continuar crendo depois de nossas quedas. Não poderíamos nos sentir culpados de um jeito saudável, de um jeito que nos leva a mudanças e produz vida (2 Co 7.9). Paulo disse que o Espírito Santo é o selo de Deus na vida de todo aquele que crê. É a garantia de que não nos perderemos de Deus (Ef 1.13-14).

E quando o Espírito Santo nos sela, não ficamos mais poderosos. Passamos a ter mais consciência de nossa fraqueza e desejamos mais o cuidado de Deus. Ele nos inspira a atitudes amorosas. Ele nos ajuda a perceber que precisamos amar mais, que nos falta amor. Ele nos ajuda a percebermos e jamais esquecermos que somos e sempre seremos amados por Deus. Ele também promove alegria em nós. As tribulações e as perdas, dores e tristezas, são contingências dessa vida. O Espírito Santo nos fala de alegria nos inspira a sermos mais alegres. A sorrir mais, a olhar a vida sob o ângulo da presença e do cuidado de Deus. Nesta vida aprendemos a viver tristes, mas o Espírito Santo pode nos ensinar a viver alegres. Pois, assim como o amor, a alegria é uma marca de Sua presença. Por isso, reflita: como cristão, jamais duvide do amor de Deus e saiba que tudo Ele lhe concede por Sua graça. Ame mais e alegre-se mais. Você pode, pois o Espírito Santo que habita em você é cheio de amor e de alegria!

ucs

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui