Ensino em libras e português coloca brasileira no Nobel da Educação

De origem humilde, Doani Emanuela Bertan aprendeu com a mãe que a educação é capaz de mudar uma vida.

“A educação transforma, costumava dizer minha mãe”, conta a professora que está entre os 10 finalistas do Global Teacher Prize, premiação considerada o Nobel da Educação mundial. Doani dá aulas de português e Libras (Língua Brasileira de Sinais) em Campinas.

“Minha mãe não teve muitas oportunidades na vida e sempre incentivou as filhas a estudar”, lembra. “Ela caminhava uma hora conosco até a biblioteca para que tivessemos acesso aos livros.”

O gosto pela sala de aula surgiu nas brincadeiras de infância e o primeiro contato com a linguagem de sinais veio por meio de um panfleto distribuído nos faróis, e que ensinava o alfabeto em Libras. “Quando a Xuxa gravou o abecedário em Libras, fiquei muito feliz porque conseguia acompanhar a música.”

Surgiu a oportunidade de fazer um curso e conquistou amigos surdos. “Em 2002, conheci melhor o mundo surdo e nunca mais saí. Já na faculdade, decidi que seria uma professora bilíngue.”

Sem material especializado, Doani passou a desenvolver um trabalho próprio, até para dar mais autonomia para os seus alunos. “O material didático é feito para crianças que estão sendo alfabetizadas em português, mas uma criança surda tem como primeiro alfabeto a língua de sinais e depende da ajuda de um adulto para entender o conteúdo do material.”

Doani decidiu anotar as prinicipais dificuldades e dúvidas. Resolveu estudar mais e passou a consultar estudantes e os seus familiares. Dessa iniciativa nasceu o canal do youtube com aulas gravadas. Para facilitar, as vídeoaulas passaram a ser compartilhadas nas redes sociais, principalmente no Facebook, com atividades que podem ser impressas ou copiadas.

“Rapidamente as redes se transformaram em uma grande sala dos professores e o conteúdo passou a ser acessado por pessoas de mais de 10 países”, conta.

Por esse trabalho, Doani é uma das finalistas do Global Teacher Prize. O prêmio valoriza as práticas pedagógicas inovadoras. Ela está entre os dez melhores entre 12 mil inscritos, de mais de 140 países. O resultado será divulgado no dia 3 de dezembro e o valor é de US$ 1 milhão.

Fonte: R7

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui