Engenheiro civil de Eunápolis morre em casa de shows em Arraial d’Ajuda

Engenheiro civil de Eunápolis morre em casa de shows em Arraial d’Ajuda. Foto Radar64

O engenheiro civil Bruno Moura Biolchini, de 27 anos, morreu após passar mal na casa de shows Morocha Club, em Arraial d’Ajuda, litoral sul de Porto Seguro, por volta das 3h da madrugada deste domingo (24). Segundo pessoas que estavam no local, Bruno chegou a cair de uma escada, informação rebatida pela boate.

Segundo a direção do Morocha, imagem de câmera de segurança mostra o engenheiro descendo uma escadaria e sentando em uma cadeira. Em seguida, ele passou mal e desmaiou.

Socorristas do Samu, o serviço de atendimento móvel de urgência, realizaram várias manobras ressuscitarias dentro da ambulância. Bruno não resistiu e já chegou morto na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). A suspeita é ele tenha sofrido uma parada cardiorrespiratória.

Bruno chegou a ser socorrido pelo Samu, mas não resistiu e morreu antes de chegar à UPA

Exame preliminar da polícia não encontrou nenhuma lesão aparente na cabeça, provocada por uma possível queda, o que vai poder ser atestado pelo exame de necropsia. A polícia também solicitou a realização de exames toxicológicos.

Natural do estado do Rio de Janeiro, o engenheiro Bruno Moura trabalhava na Secretaria de Infraestrutura da Prefeitura de Eunápolis desde abril de 2017.

Bruno morava em Eunápolis e estava na boate com dois amigos. Os pais estão vindo do Rio de Janeiro providenciar o translado do corpo.

Fonte: Radar64

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui