Em rede social, presidente presta conta de valores enviados para os estados usarem no combate à covid-19

Presidente Jair Bolsonaro. Foto: Reprodução

O presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, foi a público no último domingo (28), através de suas redes sociais, divulgar valores repassados pelo Governo Federal aos Estados no ano de 2020.

Conforme sites de notícias, a publicação foi como uma “prestação de contas” diante de um cenário de pico da pandemia de covid-19, com falta de leitos em diversas unidades federativas, muitos destes que teriam sido desativados de forma antecipada e novos recursos estejam sendo solicitados para a reabertura.

Os dados tomados pelo presidente são de até 15 de janeiro de 2021, e, segundo ele, têm como fonte informada o Portal da Transparência, o Localiza SUS e o Senado Federal.

Na postagem, ele expõe valores diretos (saúde e outros) e valores indiretos (suspensão e renegociação de dívidas). Sendo:

  • Acre: R$ 6,8 bilhões. Auxílio: R$ 1,38 bilhão.
  • Alagoas: R$ 18,09 bilhões. Auxílio: R$ 5,46 bilhões.
  • Amazonas: R$ 18,5 bilhões. Auxílio: R$ 6,84 bilhões.
  • Amapá: R$ 6,7 bilhões. Auxílio: R$ 1,47 bilhões.
  • Bahia: R$ 67,2 bilhões. Auxílio: R$ 25,35 bilhões.
  • Ceará: R$ 42,5 bilhões. Auxílio: R$ 15,17 bilhões.
  • Distrito Federal: R$ 9,8 bilhões. Auxílio: R$ 3,45 bilhões.
  • Espírito Santo: R$ 16,1 bilhões. Auxílio: R$ 5,57 bilhões.
  • Goiás: R$ 27,1 bilhões. Auxílio: R$ 9,95 bilhões.
  • Maranhão: R$ 36 bilhões. Auxílio: R$ 11,8 bilhões.
  • Mato Grosso: R$ 15,4 bilhões. Auxílio: R$ 4,96 bilhões.
  • Mato Grosso do Sul: R$ 11,9 bilhões. Auxílio: R$ 3,71 bilhões.
  • Minas Gerais: R$ 81,4 bilhões. Auxílio: R$ 26,96 bilhões.
  • Pará: R$ 39,5 bilhões. Auxílio: R$ 14,71 bilhões.
  • Paraíba: R$ 21,2 bilhões. Auxílio: R$ 6,57 bilhões.
  • Paraná: R$ 38,6 bilhões. Auxílio: R$ 13,7 bilhões.
  • Pernambuco: R$ 42,7 bilhões. Auxílio: R$ 16,2 bilhões.
  • Piauí: R$ 19 bilhões. Auxílio: R$ 5,68 bilhões.
  • Rio de Janeiro: R$ 76 bilhões. Auxílio: R$ 24,94 bilhões.
  • Rio Grande do Norte: R$ 18,3 bilhões. Auxílio: R$ 5,55 bilhões.
  • Rio Grande do Sul: R$ 40,9 bilhões. Auxílio: R$ 12,2 bilhões.
  • Rondônia: R$ 8,6 bilhões. Auxílio: R$ 2,64 bilhões.
  • Roraima: R$ 5,1 bilhões. Auxílio: R$ 1,04 bilhão.
  • Santa Catarina: R$ 21,6 bilhões. Auxílio: R$ 7,22 bilhões.
  • São Paulo: R$ 135 bilhões. Auxílio: R$ 55,19 bilhões.
  • Sergipe: R$ 12,9 bilhões. Auxílio: R$ 3,85 bilhões.
  • Tocantins: R$ 10,5 bilhões. Auxílio: R$ 2,28 bilhões.

REPASSES DA COVID-19 NA BAHIA

Conforme dados extraídos de painel do Ministério da Saúde, em 2020, somente os repasses direcionados para ações de enfrentamento à covid-19 para a Bahia totalizaram:

  • na esfera estadual: R$ 701.087.996,79;
  • na esfera municipal (incluindo a capital): R$ 1.575.797.486,61.

Dentro da esfera municipal, os valores para algumas prefeituras, em 2020, exclusivos para a covid-19, foram:

  • Eunápolis: R$ 10.934.060,24;
  • Itamaraju: R$ 8.496.180,78;
  • Porto Seguro: R$ 12.374.105,33;
  • Teixeira de Freitas: R$ 26.314.836,48.

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui