Em carta, estudantes do IF Baiano pedem retorno das aulas por meio não presencial

Foto: Arquivo

Em uma carta direcionada ao reitor do Instituto Federal (IF) Baiano, estudantes de Engenharia Agronômica e outros cursos pediram o retorno das aulas por meio remoto – através das Atividades Pedagógicas Não Presenciais (APNP). O texto é assinado pelo presidente do Centro Acadêmico e data desta terça-feira, 06.

Conforme os estudantes, em protesto online, desde que as aulas foram suspensas em março, já completando sete meses, não tem ocorrido acompanhamento de ensino e nem mesmo aulas online.

Os alunos que iriam formar esse ano se veem na incerteza de como prosseguir nos estudos, fazer Enem ou procurar trabalho, gerando um sentimento de despreparo.

Na carta, é citado que: “São os gritos daqueles que mesmo sofridos durante toda a sua trajetória de vida acreditam na educação como ponto transformador e que hoje lutam por dignidade e ao mesmo tempo pela educação, que lhes foi tirada”.

IF Baiano discutirá APNP

O IF Baiano informou na segunda-feira (5), em seu site oficial, que será promovido o I Seminário da Educação Profissional e Tecnológica em Tempos de Pandemia, de 13 a 16 de outubro, abordando as Atividades Pedagógicas Não Presenciais (APNP).

O evento visa debater desafios, tecnologias, metodologias e perspectivas para as APNP no Instituto e orientar os docentes e a equipe técnico-pedagógica da instituição para a atuação em modelos de educação remota, enquanto perdurar a suspensão das atividades presenciais no IF Baiano. As atividades serão online e ocorrerão das 14h às 16h, no canal do IF Baiano no YouTube“, cita.

As orientações e discussões transmitidas no evento serão norteadas pela Instrução Normativa (IN), que regulamentará a aplicação das APNP no âmbito do IF Baiano. O documento foi construído por uma comissão de servidores da Proen, que recebeu contribuições da comunidade acadêmica. Após aprovação no Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE), a minuta da Instrução Normativa aguarda apreciação e aprovação do Conselho Superior (Consup)“, acrescenta.

A coordenadora-geral da Educação Básica e Profissional, da Diretoria de Planejamento e Desenvolvimento do Ensino (DPDE), Andréia Rêgo, mencionou que a realização do Seminário é “importante” e “urgente”, considerando necessidade de atender aos estudantes.

1 COMENTÁRIO

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui