‘É questão de tempo prender Buiú’, diz o secretário Maurício Barbosa

Duas equipes de outras coordenadorias com dez agentes civis reforçam as investigações

O governador Jaques Wagner disse ontem que as ações de vandalismo em Porto Seguro, Extremo Sul baiano, foram um “episódio pontual”. “Nós tivemos o problema de Porto Seguro, mas tivemos a reação muito rápida. O próprio secretário (da Segurança Pública) se deslocou para lá”, lembra Wagner.

Para o secretário Maurício Barbosa, a situação foi normalizada na cidade turística. “Porto Seguro está estabilizado. É questão de tempo pegar ele (Buiú)”, destaca, referindo-se ao traficante André Márcio de Jesus. Foragido desde 2010, Buiú é apontado pela polícia como o líder do tráfico na localidade de Mercado do Povo, no bairro do Baianão, e responsável pela onda de ataques que assustaram a cidade.

Segundo o delegado Evy Paternostro, titular da 23ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), duas equipes de outras coordenadorias com dez agentes civis reforçam as investigações. “As medidas estão sendo adotadas. A paz e a tranquilidade foram restabelecidas”, afirma. Um morador do Baianão confirma: “Tem muita polícia circulando. O comércio já foi reaberto e o povo tá mais tranquilo”. Após os ataques, que terminaram com quatro ônibus incendiados, um carro depedrado e pânico, a polícia já prendeu 14 suspeitos.


Fonte: Correio da Bahia

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui