Discípulo

“O tempo é chegado”, dizia ele. “O Reino de Deus está próximo. Arrependam-se e creiam nas boas novas! ” Andando à beira do mar da Galiléia, Jesus viu Simão e seu irmão André lançando redes ao mar, pois eram pescadores. E disse Jesus: “Sigam-me, e eu os farei pescadores de homens”. No mesmo instante eles deixaram as suas redes e o seguiram. (Marcos 1.15-18)

O cristianismo pode muito bem ser definido por um único verbo: seguir! Ser cristão é ser um seguidor de Cristo, um discípulo. No texto de hoje Jesus encontra Simão e André, dois irmãos a quem ele convida para serem seus discípulos, seus seguidores. Eles deixam suas redes e o seguem. Esta é a única forma de se ser cristão: deixar para trás o que definia nossa vida e seguir a Jesus, para receber dele um novo significado, novos valores, novos alvos e sentido.

Um dos sucessos do grupo U2 tem como título: I still haven’t found what I’m looking for (Eu ainda não encontrei o que estou procurando). É assim que vive a maioria dos seres humanos. Como na poesia do grupo irlandês, sobe-se montanhas, vive-se paixões e até obtém-se conhecimento de verdades espirituais. Tudo feito para se obter algo que satisfaça. Mas somente encontramos o que procuramos, se nos encontramos com Aquele que nos procura – Jesus. Seguir a Cristo é conhecer aquele que é o Caminha, a Verdade e a Vida. Por meio de quem experimentamos a presença, o amor e o perdão de divinos. E então cessa nossa busca. Encontramos o que estávamos procurando.

Seguir a Jesus, ser Seu discípulo, todavia, envolve riscos. Devemos nos esforçar e avaliar nosso cristianismo, se corresponde realmente à fé cristã! Se estão presentes as implicações de seguir a Cristo. Simão e André aceitaram o convite e as implicações. Assim como Tiago, João, Paulo e os demais apóstolos além de milhões de pessoas ao longo da história. Para todos a vida foi em muito transformada. Aqueles que seguem a Cristo não costumam serem os mesmos. Você está pronto a segui-lo?

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui