Dirigente do PT defende esquerda mais forte e cita Valmir e Galo

O coordenador do Fórum Internacional de São Paulo e um dos dirigentes nacionais do Partido dos Trabalhadores (PT), Valter Pomar, disse que a continuidade das mudanças, iniciadas no governo Lula, defendida pela candidata à Presidência da República, Dilma Rousseff, dependerá e muito da correlação de forças que emergirá das urnas: a composição do Senado, da Câmara, dos governos estaduais e das assembléias legislativas.

Em artigo intitulado “Votar na esquerda, contra os apocalípticos”, Valter diz que “a força da esquerda será necessária, não apenas para apoiar o governo Dilma, mas também para enfrentar a oposição de direita, que está em surto”, afirma. E completa: “é fundamental eleger parlamentares realmente comprometidos com a continuidade das mudanças, como é o caso de Valmir Assunção, federal e Marcelino Galo estadual, para que continuemos mudando”.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui