Dia 8 de abril: Dia Mundial de Combate ao Câncer

Ilustração
Núcleo de Oncologia da Bahia investe em prevenção através do projeto “Dê sinal verde a vida” e realiza palestras gratuitas para promover hábitos saudáveis

Fazer sexo seguro, ter uma alimentação saudável, não fumar nem usar drogas, praticar atividade física regularmente, utilizar a vacina anti-HPV. Essas são algumas das orientações do programa “Dê sinal verde à vida”, promovido pelo Núcleo de Oncologia da Bahia em escolas, empresas e instituições com o objetivo de conscientizar a população sobre a necessidade de prevenção dos vários tipos de câncer. Para comemorar o Dia Mundial de Combate ao Câncer, o Núcleo de Oncologia leva o projeto ao Hospital Português, em encontro aberto ao público, no próximo dia 8 de abril, às 8 horas, no auditório do Centro Médico do Hospital.

Na ocasião, a oncologista Eldsamira Mascarenhas falará sobre formas de prevenção do câncer, importância do diagnóstico precoce e também vai interagir e esclarecer as dúvidas dos participantes. No mesmo dia, o “Dê Sinal Verde À Vida” também estará na BSC – Bahia Specialty Cellulose, em Camaçari, e na Copener, em Alagoinhas, onde a oncologista Ivana Nascimento fará palestra sobre prevenção para os funcionários. Também haverá uma palestra na própria sede do Núcleo de Oncologia, em Ondina, para colaboradores e para familiares dos pacientes.

Segundo estimativas do Instituto Nacional de Câncer (INCA), 489.270 casos novos de câncer devem ser diagnosticados no Brasil em 2011. Os tipos mais incidentes, à exceção do câncer de pele do tipo não melanoma, serão os cânceres de próstata e de pulmão no sexo masculino e os cânceres de mama e do colo do útero no sexo feminino.

O envelhecimento da população, associado ao aumento da expectativa média de vida, é a principal causa da alta incidência da doença, além da maior exposição aos fatores de risco. A prevenção através de hábitos saudáveis de vida e de exames periódicos ainda é a melhor forma de combater a doença. Hoje, sabe-se que fatores como tabagismo, consumo de álcool e obesidade estão associados a vários tipos de tumores. As mulheres devem realizar mensalmente o auto-exame das mamas e submeter-se anualmente a um exame preventivo do colo de útero. Já os homens com mais de 50 anos, devem procurar o médico regularmente para avaliar o risco de câncer da próstata e receber as devidas orientações.

Dê Sinal Verde à Vida

Criado em 1999, o “Dê Sinal Verde à Vida” é um programa educacional do Núcleo de Oncologia da Bahia, que tem como principal objetivo despertar e conscientizar a população sobre hábitos saudáveis de vida. Através do programa, o Núcleo de Oncologia promove palestras gratuitas em diversos espaços como escolas e empresas de Salvador.

Nas palestras são abordados temas como prevenção dos vários tipos de câncer, importância do diagnóstico precoce, HPV, osteoporose, nutrição e tabagismo. As palestras são sempre ministradas por profissionais de saúde – médicos, nutricionistas e psicólogos da equipe do Núcleo de Oncologia.

O programa é coordenado pela oncologista Clarissa Mathias e foi idealizado pela consultora de comunicação, Jacqueline Moreno Machado.

Instituições interessadas podem solicitar a participação no programa através do e-mail [email protected] ou do telefone 4009-7059.

Fonte: Marco Paulo Sales/Assessoria de Imprensa

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui