Desenho revela angústia de menina de 14 anos abusada pelo pai desde os 9

alt

Um desenho feito por uma adolescente de 14 anos que teria sido violentada pelo pai mostra a angústia da menina durante os cinco anos em que foi abusada. Na imagem, que consta no inquérito da Polícia Judiciária Civil do Mato Grosso e começou a circular nas redes sociais nesta sexta-feira, ela escreveu frases como “Deixa o papai pegar aqui”, “Como você é bonita” e “Senta aqui”, que costumava ouvir do acusado.

 

A Polícia Judiciária Civil confirmou através de nota a veracidade do desenho, mas informou que ele não foi divulgado pelo órgão. Ainda segundo a assessoria de imprensa, o acusado, identificado pelas iniciais U.R.C, que é advogado, foi ouvido na manhã desta sexta-feira durante quatro horas e negou as acusações. Ele continua em prisão temporária.

 

“A palavra da vítima demonstra muita segurança e ela fornece riquezas de detalhes. O inquérito policial será finalizado na próxima semana, mantendo o indiciamento do advogado por estupro de vulnerável”, informa a polícia.

 

O caso de abuso veio a público no fim de junho, quando a mãe da adolescente procurou a Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica) para denunciar o ex-marido. Ela começou a desconfiar que havia algo errado no início daquele mês. Durante uma conversa com a filha, a menina demonstrou o medo de se relacionar com homens. A mulher, então, encontrou relatos da filha em uma agenda em que ela descrevia os abusos sexuais.

 

Em atendimento psicossocial na Delegacia, a menina contou que o pai a assediava desde os 9 anos e costumava acariciar as suas partes íntimas. Em muitos casos, os abusos aconteciam quando ela estava dormindo.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui