Deputado baiano critica declaração do PT nacional sobre “a imagem das igrejas”

O deputado Samuel Junior, da Bahia. Foto: Reprodução/Alba

Nesta terça-feira (16), o deputado estadual da Bahia, Samuel Júnior (PDT), criticou uma publicação do Partido dos Trabalhadores (PT) nacional acerca de uma pesquisa sobre a confiança das igrejas evangélicas no país durante o mandato do presidente Jair Bolsonaro.

Embora seja aliado do governador Rui Costa, o parlamentar, que é também da chamada bancada religiosa, demonstrou apoio ao presidente.

A postagem do PT em redes sociais [veja abaixo] traz a imagem com a seguinte frase: “Contaminados por Bolsonaro, Forças Armadas e Igrejas perdem confiança do povo e têm imagem manchada”.

Conforme o site BNews, Samuel Júnior disse que “certos partidos políticos, como o PT tiveram sua história manchada pela corrupção”.

“A imagem da Igreja é manchada pelo sangue de Cristo. Sangue puro, santo, imaculado. Já certos partidos políticos, como o PT, tiveram sua história manchada pela corrupção, pela quebra do país, pela tentativa de promover liberação das drogas, destruir a família e agora pela tentativa de achar que existe em qualquer parte do país uma organização suja e criminosa como a deles”, continuou.

Samuel acrescenta ainda que “é hora de seguir em frente e respeitar o momento de mudanças no Brasil”. “A igreja tem a promessa de Cristo de que as portas do inferno não prevalecerão jamais contra ela. Têm instituições que já até foram respeitadas, mas que a podridão do caráter de seus líderes fez com que resultassem em perda total”, finalizou.

Veja o post original:

Com informações: BNews

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui