Dediquem-se à oração VI

“Dediquem-se à oração, estejam alertas e sejam agradecidos.” (Colossenses 4.2)

Paulo escreveu um texto fabuloso sobre o sentido e lugar da igreja na vida com Deus. Está em Efésios capítulo quatro. As Escrituras em diversos momentos nos demonstram que a fé cristã e pessoal, mas não individual. A fé cristã não é “minha fé”. O Pai é Nosso! Você é importante em minha vida e eu na sua. Para minha saúde espiritual não basta Deus. Você também é necessário! Não basta amar a Deus, preciso amar você. Eu preciso do seu amor. Algumas vezes será por meio dele que verei o amor de Deus! Para crescer espiritualmente eu preciso de Deus e de você; e você, de Deus e de mim. Precisamos estar em comunhão e em ação para que a vida espiritual avance.

Há muitas razões que explica tudo isso. Deus nos criou uns para os outros e nos mandou amar uns aos outros; Ele nos deu dons, que são diferentes, e eu preciso dos seus e você dos meus. A vida é naturalmente colaborativa!. Temos o dever de servir, como Jesus veio e serviu (Jo 13.13-15). No Gênesis há o registro de uma pergunta de Deus a Caim: “Onde está o seu irmão?” Essa pergunta continua valendo e dirige-se a nós. E não devemos respondê-la como Caim respondeu: “Sou eu o responsável pelo meu irmão?” (Gn 4.9), pois sim, somos! A reconciliação trazida por Jesus não me leva de volta apenas para Deus, mas também me leva de volta para você e traz você para mim. Juntos, unidos e colaborando, exercendo cada um de nós o seu dom, todos crescemos, amadurecemos e honramos a Deus. É como deve ser. Pela fé em Cristo somos corpo, comunidade, igreja.

Mas nem sempre as coisas funcionam bem! Tantas vezes falta amor, comunhão e serviço. Os dons não são usados como dádivas, mas como medalhas e exigimos reconhecimento. Em lugar de acolhimento ao outro, revelamos preconceito! Precisamos nos dedicar a oração! Precisamos estar mais com Deus. Sua presença pode nos transformar e nos transformará. Ampliará nossa visão, mudará nossas perspectivas. Precisamos nos dedicar a oração para mudarmos e verdadeiramente vivermos nossa fé e não apenas nossa religião. Não estaremos sozinhos em nosso esforço de dedicação. O Espírito Santo estará conosco. Mas será ótimo temos uns aos outros nessa caminhada! Dedique-se mais à oração e caminhe com outros nessa jornada. Sem isso você não conhecerá tudo que Cristo fez por você na cruz. Dedique-se à oração, pois há uma obra que Deus está fazendo e deseja completar em sua vida (Fl 1.6). Mas é preciso que você esteja disponível e acessível. Dedique-se à oração!

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui