DE MÃOS DADAS COM A VIDA

De tanto perder aprendi a ganhar; De tanto chorar o sorriso que eu tenho foi desenhado. Eu conheço tanto o chão que só olho para o céu.
Já cheguei ao fundo tantas vezes que, toda vez que desço, já sei que amanhã irei subir. Estou tão maravilhada com a forma como o ser humano é, que aprendi a ser eu mesmo. Tive que me sentir solitário para aprender a estar comigo mesmo e saber que sou uma boa companhia.
Tentei ajudar os outros tantas vezes que aprendi a ser solicitado. Sempre tentei fazer tudo perfeito e entendi que tudo é tão imperfeito como deveria ser (inclusive eu). Eu faço apenas o que devo, da melhor maneira que posso e os outros fazem o que querem. Vi tantos cães correndo sem sentido, que aprendi a ser tartaruga e a valorizar a jornada. Aprendi que nesta vida nada é seguro, só a morte… É por isso que gosto do momento e do que tenho. Aprendi que ninguém me pertence, e aprendi que eles estarão comigo o tempo que quiserem e deveriam estar, e quem realmente estiver interessado em mim me avisará a qualquer momento e contra tudo.
Essa verdadeira amizade existe, mas não é fácil encontrá-la. Que quem te ama sempre te mostrará sem ter que pedir. Que ser fiel não é uma obrigação, mas um verdadeiro prazer quando o amor é dono de você. Isso é viver…
A vida é bela com o seu ir e vir, com os seus sabores e sem sabores… Aprendi a viver e a gozar cada detalhe. Aprendi com os erros, mas não vivo a pensar neles, porque são sempre uma recordação amarga que o impede de seguir em frente. Portanto, existem erros irremediáveis.
Feridas fortes nunca são apagadas do seu coração, mas sempre há alguém realmente disposto a curá-las. Ande de mãos dadas com a vida, tudo sempre melhora. E não se esforce muito porque as melhores coisas da vida acontecem quando você menos espera.
Pense nisso!

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui