CURTAS E PICANTES (62)

Liberação de empréstimo

Justiça determinou que o Banco do Brasil liberasse o empréstimo de R$ 600 milhões ao Estado. A informação foi divulgada pelo governo da Bahia na noite de quinta-feira (28). O contrato entre o Estado e o Banco do Brasil foi assinado no dia 18 de agosto. Segundo o governo, mesmo cumpridas todas as etapas do processo, a instituição se recusava a liberar o financiamento. Por conta do entrave, o governo entrou na Justiça com recurso do Agravo de Instrumento, que foi julgado procedente pelo Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). O valor será usado na área de infraestrutura rodoviária, hídrica e urbana, além de mobilidade e educação.

 

Retrospectiva em Teixeira

O prefeito Temóteo Brito fez retrospectiva do primeiro ano do seu mandato, e, apesar de ser um ano difícil, encerrou  com o governo sendo um dos mais bem avaliados do Extremo Sul da Bahia. Cerca de 55% da população acredita que o prefeito vai cumprir com os compromissos que assumiu para governar Teixeira. O maior orgulho do prefeito foi pagar os salários em dia e encerrar o ano pagando o 13º e antecipou o salário de dezembro. Além disso, priorizou os anseios da população: asfaltou 100 mil metros de ruas em 5 bairros, fez investimentos pesados na saúde e trabalhou na geração de empregos.

 

Mais bem avaliado

De acordo com pesquisa do Instituto Decisão, o prefeito de Caravelas, Silvio Ramalho, encerrou o ano como o prefeito mais bem avaliado da Costa das Baleias. Os itens mais aprovados do seu governo estão na Infraestrutura, Limpeza Urbana, Saúde e Educação. As administrações dos municípios costeiros estão reprovadas na seguinte ordem: Nova Viçosa, Prado, Mucuri e Alcobaça. O mais reprovado, que é o de Nova Viçosa, está atrasando os pagamentos. Mesmo assim, o prefeito contratou para o Réveillon a banda Chiclete com Banana, uma das mais caras da Bahia. Isso tem provocado indignação para os que têm a receber.

 

Suicídio político

Médico e dono de clínicas particulares, o prefeito de Itamaraju, Marcelo Angênica (PSDB), declarou em entrevista a uma emissora de rádio local, ser contra aos Consórcios Regionais de Saúde. “Esse formato de consórcio aqui na Bahia eu sou contra”, enfatizou.   Para Angênica, o consórcio e as policlínicas regionais não passam de uma grande jogada do governador Rui Costa (PT). Angênica acusou o governador de apenas construir o imóvel e por os municípios para bancar a despesa dos atendimentos. “Construir é fácil, a manutenção é que é cara”, criticou sem saber que a policlínica economiza para os municípios no valor dos exames.

 

Feliz ano novo!

A equipe do Foco no Poder deseja a seus leitores um feliz ano novo, agradecemos a todos que nos acompanharam durante o ano que se findou. Esperamos tê-los conosco novamente durante o ano de 2018. O Foco seguirá atento aos bastidores da política regional, incansável na busca pela informação precisa e pelo equilíbrio. Mesmo porque acreditamos que o sucesso está no equilíbrio e na busca da imparcialidade. O nosso maior compromisso é com a verdade. Esperamos que o novo ano que se inicia seja cheio de esperança e de realizações para todos.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui