Cultura

A natureza não pode ser dissociada da cultura e o ser humano precisa aprender a desenvolver um pensamento transversal em sua essência cognitiva e psíquica, a fim de entender as frágeis relações que regem o macrocosmo do planeta e o microcosmo dos viventes.

Acredito que todos nós nascemos dentro de um contexto cultural, lembro o esplendor da obra de Jorge Amado, que retratou o microcosmo da região do cacau, com a exuberância de sua escrita, como Capitães de Areia, Tieta do Agreste,Tereza Batista Cansada de Guerra, que com sua leitura é incorporado no núcleo do seu ser.

Com a facilidade da tecnologia, música e literatura estão em toda parte, houve a globalização do saber, mas não acabou com a ignorância, onde o belo não surge e sim a maldade e a violência na maioria dos casos. Somos uma colagem de histórias. Sem cultura não tem como reinterpretá-las e deixar cair o muro da ignorância.

A cultura é a cidadania plena com uma visão ampla de tudo. Num local onde não existe na mesa: papéis, livros, cadernos é difícil ter cultura. Abate-se um vazio, uma espécie de ausência de crescimento onde apenas a sobrevivência impera. É viver em um buraco, onde se perde a noção de vida,é a escravidão com os olhos vulneráveis e cegos.

Para compreender é preciso comparar tendo um sendo crítico. Porque o silêncio da incultura não tem substância: ele é vazio como grande redoma de vidro, e o que vive nele é a ignorância do mundo. A força secreta da vida é produzida pelo entendimento na arte,música, literatura e tradições dos povos.

O conhecimento ajuda a abrir o intrincado caminho dentro de si por onde se vai descendo até o fundo, para tentar entender a se e o mundo.

Com a cultura um universo inteiro se expande, no indivíduo, formando seu próprio sistema de opiniões. Não é o estado cru, selvagem, mas sim á essência do crescimento humano.

Não é viver apenas na superfície e sim buscar entender este universo do viver.
É estar no meio dos livros, dos teatros,dos museus. Conviver com os personagens,os quadros, os atores.

*João é natural de Salvador, onde reside. Engenheiro civil e de segurança do trabalho, é perito da Justiça do Trabalho e Federal. Neste espaço, nos apresenta o mundo sob sua ótica. Acompanhe no site www.osollo.com.br.

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui