Crime passional: gerente de posto do posto Texas é assassinado no Ulisses Guimarães

Gerente de posto de combustível é assassinado e acusado está foragido em Teixeira de Freitas
Gerente de posto de combustível é assassinado e acusado está foragido em Teixeira de Freitas. Foto Liberdadenews

Um homem de 25 anos de idade foi morto a tiros na noite desta quarta-feira, dia 28 de março, na rua Mônaco, bairro Ulisses Guimarães, na região oeste de Teixeira de Freitas. A polícia suspeita que o crime tenha sido cometido por um professor de uma escolinha de futebol do bairro, com quem a vítima havia tido um desentendimento momentos antes.

Testemunhas disseram à Polícia Militar, primeira força de segurança a chagar no local do crime, que Rayan Gil Cardozo, de 25 anos, gerente de um posto de combustíveis da cidade, discutiu com o professor da escolinha, quando o mesmo foi à sua casa, armou-se e retornou para cometer o assassinato.

Segundo o delegado Júlio César Telles, de plantão na noite desta quarta-feira (28), na sede da 8ª Coorpin, o acusado não foi encontrado em sua residência e caso o mesmo não se apresente espontaneamente à polícia, sua prisão será solicitada ao Judiciário.

Após o levantamento cadavérico e perícia de local, procedimentos realizados pela Polícia Civil e o Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas (DPT), respectivamente, foi autorizada a remoção do corpo ao IML para exames de necropsia.

Até a manhã dessa quinta-feira, dia 29, o acusado continuava com paradeiro incerto. Parentes e amigos da vítima ficaram chocados com o crime e dizem que Rayan Gil Cardozo, de 25 anos, era uma pessoa trabalhadora e sem envolvimento com qualquer coisa ilícita.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui