CREIO NO AMOR

Acredito que o amor é das coisas mais poderosas do mundo e tem um poder de contágio muito superior a qualquer pandemia. O problema é que amamos de menos. Amamos muitas vezes só pela metade ou aos quartos. Olhamos para os nossos umbigos, para a nossa família e os nossos amigos, e esquecemo-nos que o amor deve ser partilhado no global e não apenas no particular.
Vivemos tempos estranhos em que nos isolamos de mais e amamos de menos. Que mistura explosiva! Sou ansioso com o futuro por natureza, mas ao mesmo tempo sou um otimista e gosto de ver o lado bom das coisas, mas confesso que os últimos tempos me têm assustado. Pela falta de empatia, de caridade e de amor pelos outros. Há muitas coisas feias a acontecer no mundo e algumas delas no nosso quintal. Assusta-me ver tanta gente intolerante e motivada pelo ódio. Assusta-me, não nego. Por isso reforço o poder do amor.
Pelo amor todos os dias, entre todos, por igual. Empatia e amor podem mudar tudo. Não se esqueçam de deixar esses pedaços de amor em cada esquina que cruzarem. É essencial!

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui