CRAS usa recursos tecnológicos para manter atendimentos em Teixeira

CRAS usa recursos tecnológicos para manter atendimentos em Teixeira. Foto: Ascom

A Prefeitura de Teixeira de Freitas está constantemente buscando meios para continuar a prestação de serviços à população, utilizando meios tecnológicos nesta pandemia, seja com auxílio ao regime home office, ou com a inovação de sistemas de trabalho. Na pasta de Assistência Social não foi diferente, a Secretaria está fazendo com que a política de trabalho permaneça evidente.

Para garantir que os usuários do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) continuem tendo acesso aos serviços, a gestão adotou novas medidas para o atendimento e acompanhamento dos equipamentos da SMAS.

O atendimento acontece em quatro Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), nos bairros Ulisses Guimarães; Castelinho; Liberdade e São Lourenço, atualmente funcionando das 7h às 13h, com atendimentos individuais previamente agendados para evitar aglomerações.

As atividades de caráter coletivo (oficinas do PAIF, encontros do Serviço de Convivência e Fortalecimentos de Vínculos – SCFV, e Programa Acessuas Trabalho) foram temporariamente substituídas de atendimento presencial para tele atendimento por meio de ligações telefônicas, além de vídeos, Lives em redes sociais, grupos de Whatsapp, dentre outros meios tecnológicos. O CRAS do Ulisses Guimarães, por exemplo, promoveu uma Live nesta quinta-feira, (23) com a participação de técnicas de referência da rede esclarecendo as dúvidas mais comuns sobre o Auxílio Emergencial do Governo Federal.

A coordenadora do CRAS do São Lourenço, Mônica Santos, acredita que este trabalho desenvolvido pelos CRAS, em tempo de pandemia, é fundamental por que o CRAS é a porta de entrada para o cidadão acessar a proteção social básica, assim como outras políticas públicas. “Lidamos diretamente com pessoas em situações de vulnerabilidade, e este é o público mais afetado em tempos de crise econômica e social. Sinto satisfação em atender à população neste momento que estamos vivendo. Sentimos medo como qualquer pessoa, mas estamos seguindo todas as medidas de segurança”, disse a servidora.

Segundo a assistente social – Técnica de Referência da Proteção Social Básica da SMAS, Daniele de Oliveira, a gestão empenhou forças para ofertar de equipamentos de proteção individual aos servidores. “Neste período, também foi ampliada a oferta de alguns benefícios como os de alimentação (Cesta Básica) e a aquisição de novas linhas telefônicas e aparelhos celulares, que estarão disponíveis ainda esse mês, para melhor atender a comunidade, evitando que saiam de casa”, explicou a técnica.

Para mais informações, telefones:
CRAS Ulisses Guimarães – 73 3292-3463
CRAS Castelinho – 73 3292-5020
CRAS Liberdade – 73 3263-1986
CRAS São Lourenço – 73 3292-3194

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui