Covid-19: por que Teixeira de Freitas não recebeu novas doses de vacina?

A explicação estaria nos critérios adotados pelo CIB e na mudança da meta por parte da Sesab

Vacinação foi intensificada em Teixeira. Foto: Ascom

Estampando as páginas de sites locais, o risco de ficar sem receber uma nova remessa de doses de vacina contra a covid-19 tem sido um dos assuntos mais comentados e questionados em Teixeira de Freitas. Mas, o que está realmente acontecendo? O que dizem as partes envolvidas? O jornal OSollo foi atrás de respostas.

A Bahia recebeu a sétima remessa de vacinas na noite da última terça-feira, dia 09. Foram 178.600 doses do imunizante produzido pelo Butantan, que começaram a ser distribuídas, de modo imediato, para o interior do estado. Ao todo, 1.289.800 doses já foram recebidas, entre Coronavac e Oxford, desde o dia 18 de janeiro.

A meta

As vacinas são organizadas e enviadas para as centrais regionais no interior da Bahia, de onde serão despachadas para os municípios. Conforme explica a coordenadora de imunização do Estado, Vânia Rebouças, existe um critério para que uma localidade receba mais imunizantes: utilizar 85% das doses anteriormente recebidas, de acordo com decisão da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) – instância que reúne representantes das secretarias municipais de saúde e da Secretaria da Saúde do Estado).

Metade das doses que seria enviado para os municípios que não cumpriram a meta serão redistribuídos para aqueles que já tiverem utilizado mais de 90%. A outra metade ficará armazenada na Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos da Secretaria da Saúde do Estado. Esta estratégia não foi uma imposição da Sesab e sim uma deliberação feita de forma conjunta com os municípios”, afirma Vânia Rebouças.

A nova remessa é destinada à imunização do público-alvo da primeira fase do plano de vacinação contra covid-19. “Ficou também definido em CIB que aqueles municípios que conseguirem alcançar as metas da primeira fase, poderão ampliar a aplicação das doses para idosos de 70 anos ou mais, de forma decrescente de idade”, aponta a coordenadora.

Teixeira de Freitas

Até esta quinta-feira (11), conforme o Vacinômetro, o Município havia recebido 6.730 doses para Dose 1 e 3.180 doses para Dose 2. Conforme divulgado ainda pelo governo municipal, “a meta de vacinação do Governo do Estado é feita apenas considerando a Dose 1, já que a Dose 2 deve ser aplicada depois de um prazo determinado e, por isso, não precisa entrar na contabilização”.

Em números absolutos, já foram aplicadas 5.827 doses de Dose 1 na cidade. O percentual é de 86,6% de doses aplicadas (Visto que foram recebidas 6.730 doses). Isso deixa, atualmente, a cidade acima da meta atual do Governo do Estado – que é de 85%.

Cenário – A situação de Teixeira de Freitas com relação às metas estipuladas não é exclusividade do município. Outras cidades têm apresentado números também abaixo.

Em divulgação de ação de drive-thru, que objetivou acelerar a vacinação, a Assessoria da Prefeitura sugeriu que as metas determinadas têm aumentado ao longo das semanas e que o Município “intensifica ainda mais o processo de vacinação para garantir que ficará acima das metas determinadas pelo Governo do Estado”, considerando também que está aplicando a dose 2, tanto em trabalhadores de saúde quanto em idosos.

A diretora de Vigilância em Saúde da Secretaria explicou sobre a ampliação da faixa etária para 75 anos. “A orientação que nós tivemos da Gestão Municipal é que nós façamos todo o esforço possível para chegarmos à meta de 90%, ampliamos a faixa etária para 75 anos considerando as vacinas que tínhamos em estoque, o drive estará disponível até as 16h e nesta sexta nas Unidades de Saúde enquanto durar o nosso estoque”.

Meta atingida

Já no início da tarde desta sexta-feira, 12 de março, Teixeira de Freitas atingiu a meta de 100% de vacinação para a primeira dose, de acordo com as que estavam disponíveis para o município.

A informação já foi atualizada no sistema do Governo do Estado e Teixeira de Freitas já está apta a receber novas doses de vacina contra Covid-19.

A Secretaria de Saúde informa ainda que no início da próxima semana segue a vacinação da segunda dose de quem já recebeu a primeira. Com as novas doses que serão recebidas, será dada continuidade à primeira dose dos idosos de 75 anos ou mais, e conforme novas doses forem recebidas, o calendário de vacinação irá avançar.

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui