Cordélia Torres é eleita prefeita de Eunápolis com 51,40% dos votos

Cordélia e Wanderson Barros durante lançamento de candidatura. Foto: Divulgação

Diante de um cenário atípico, devido à pandemia da covid-19, Eunápolis e todo o Brasil decidiram os rumos da política para os próximos 4 anos.

De máscara, caneta azul em mãos, eleitores, mesários e muito álcool em gel, estrearam uma eleição histórica cujo resultado em Eunápolis se sustentou do início ao fim, e, com 100% das urnas apuradas, Cordélia Torres (DEM) é a primeira prefeita eleita, e fez isso com 29.925 votos (51,40%).

Cordélia (DEM) e Wanderson Barros (PSL) representaram a maior frente partidária de oposição da Bahia, formada por 15 partidos: DEM, PSL, PSC, AVANTE, REPUBLICANO, PSB, PL, PRTB, DC, PTB, PV, PSDB, PP, PDT e CIDADANIA.

Em entrevista para a imprensa eunapolitana, Cordélia disse: “Eu acredito que o desejo de mudança chegou a Eunápolis”.

A nova prefeita assume em janeiro de 2021.

Os demais candidatos:

Robério Oliveira (PSD): 22.503 votos (38,65%)

Bel Checon (REDE):  3.883 votos (6,67%)

Isac do PT (PT): 1.528 votos (2,62%)

Segundo o TSE, foram computados em Eunápolis 63.023 votos, 58.218 (92,38%) votos válidos, brancos 1.058 (1,68%), nulos 3.747 (5,95%), abstenções 16.056 (20,30%).

Veja resultado detalhado em Eunápolis:

Eleições 2020

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui