Copiar o que é bom

Temos visitado algumas cidades do Espírito Santo e aqui da Bahia. Quando passamos por Linhares e São Mateus/ES, vemos que ambas estão bem cuidadas. Recentemente, pude observar que em Eunápolis isso também é sentido, os canteiros da BR-101 gramados e o meio-fio pintado em duas cores. Em Itapetinga vimos uma cidade limpa e bem cuidada, mesmo durante os festejos juninos. Até na minha pequena e querida Maike tudo em ordem, pois a prefeita está cuidando da cidade com o carinho de mãe que sabe zelar com amor. Porém, quando volto a Teixeira me dá uma tristeza. Nosso município continua a mesma coisa triste e abandonada.

Mobilização nas cidades

Teixeira fez dois movimentos de rua até agora, um no dia 19 de junho e o outro no dia 25. O primeiro foi bem organizado, ordeiro e pacífico. Compareceram cerca de 5 mil pessoas. O segundo, no entanto, mesmo tendo sido organizado e pacífico, teve um número bem menor de manifestantes – cerca de mil pessoas. O que ocorreu foi que o primeiro foi mobilizado através das redes sociais, no outro, os líderes de movimentos políticos assumiram o comando e, por isso, os das redes sociais deixaram de participar. Um fato é certo: as redes sociais estão mobilizando o mundo e o Brasil, sem cor partidária.

Onde vamos chegar

Para a mídia nacional o povo já foi longe demais. Os movimentos iniciaram com o poder de mobilização das redes sociais e a grande imprensa só depois veio aderir. No entanto, agora, já começaram a dizer que as manifestações já não são mais belas, pelo menos nos meios de comunicação que mais incensavam. O “Estadão”, o “Globo” e a “Folha” já falam em populismo e os colunistas já reclamam do trânsito. O “Valor Econômico” diz que o pacote de bondades já custa R$ 115 bilhões por ano. Ao que parece, a mídia já se cansou do povo. Enquanto isso, a presidente Dilma diz que seu governo “vai disputar a voz das ruas”.

Lula pode voltar?

Entre os tucanos e democratas cresce a expectativa pela volta de Lula em 2014, mesmo ele negando. A oposição avalia que a queda da popularidade da presidente Dilma e as manifestações populares podem fazê-la perder a força eleitoral para a disputa do próximo ano. Porém, se a presidente for para o diálogo e ouvir o clamor popular, poderá se sair consagrada da crise como uma grande liderança do século XXI no Brasil. O deputado Jutahy Magalhães, da Bahia, PSDB, é um que aposta na candidatura de Lula, pois diz que “o futuro eleitoral do país ainda é uma incógnita”.

Cadê o Lula?

Na crise, Lula tem se preservado e não tem aparecido, inclusive, tem sido comparado com FHC, que age diferente. Ainda que se discorde do que ele diz, ele se expõe, analisa, da sua cota de responsabilidade para o debate, sabendo que será questionado, dá sua cara à tapa. Já Lula, como no mensalão, não sabe e não viu nada. Um verdadeiro líder tem que mostrar para seu povo que mesmo estando suscetível a ser julgado de forma negativa, é corajoso, disciplinado, humano e justo; precisa saber tomar posições claras para conduzir seus liderados, que os acompanhará para a vida ou para a morte.

Passe Livre

O passe livre para os estudante é uma das reivindicações em todo o país. Em Salvador, como em toda parte, a classe estudantil já sentou com o prefeito para ajustar esta demanda junto às concessionárias de transporte coletivo na cidade onde moram. Em Teixeira de Freitas, o prefeito já recebeu os líderes estudantis e já encaminhou o pleito. Está agilizando para a prefeitura entrar com a contrapartida. Outra demanda que está sendo pleiteada em Teixeira é a quebra do monopólio do transporte urbano, pois o contrato tem prazo de expiração previsto para agosto de 2013.

Pão e Circo

O povo brasileiro está dando uma demonstração clara para os governantes que somente pão e circo não são suficientes, querem mais, sobretudo, melhoria na qualidade de vida. O maior circo que está sendo montado no Brasil, a Copa do Mundo, está sendo questionada pela população.

 

 

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui