Conferência discute plano de saneamento básico com população de Itabela

Fotos: Ascom

Realizada pela Prefeitura de Itabela, por meio das Secretarias de Meio Ambiente e Integração Institucional, em parceria com a Fundação Nacional de Saúde (FUNASA) e Instituto Federal da Bahia (IFBA), a Conferência de Elaboração do Plano de Saneamento Básico reuniu centenas de pessoas no auditório da Câmara de Vereadores, na manhã desta sexta-feira (25), com o objetivo de divulgar para a população a realização e etapas de execução do plano municipal que terá prazo de 20 anos.

O evento contou com a participação do prefeito Luciano Francisqueto, vice-prefeito Gedalvo Matos, secretários municipais, vereadores, representantes de entidades civis, servidores públicos e comunidade em geral.

A secretária de Integração Institucional, Emília de Oliveira, comentou como será a elaboração do plano. “Esse plano é desenvolvido conforme financiamento da Funasa, do programa PISA do IFBA, aonde os comitês de coordenação e execução, compostos por membros do município, vão juntamente com a comunidade participar da elaboração do plano, que possibilita arrecadação de recursos passando ser a exigência o prazo até dezembro deste ano para finalizarmos”.

A conferência foi importante para abrir os trabalhos para a execução do plano para que o município consiga recursos da União para o setor de saneamento básico. “O evento é necessário para que o município monte a sua legislação, que é exigência do Plano Nacional de Saneamento Básico, e só assim passará a conseguir verbas da União para o saneamento básico. Então estamos aqui para dar apoio técnico para que juntos o município consiga captar recursos da União a partir do ano que vem”, ressaltou o engenheiro de campo do PISA/IFBA, Douglas Vidal.

O secretário de Meio Ambiente, Ednardo de Morais Oliveira, destacou a importância da participação da população na elaboração do plano. “A Secretaria de Meio Ambiente está ligada diretamente no planejamento do plano e, junto com a Secretaria de Integração, nos compete participar de todas as fases. Neste momento estamos tornando público para população participar efetivamente, pois esse plano só vai ser bem construído com a participação popular”, disse o secretário.

Dentre as próximas atividades que serão desenvolvidas pelos comitês de coordenação execução – que foram apresentados durante o evento – em parceria com a comunidade estão eventos em três setores: sede, Monte Pascoal e São João do Monte (Montinho). “A partir da absorção de informações da população, a gente vai identificar como era a questão do saneamento básico, como está e como as pessoas querem que seja no horizonte de 20 anos. Vamos planejar para que com essas informações da população a gente possa garantir que o diagnóstico, prognóstico e que toda elaboração do plano possa ser feita de maneira técnico participativa conforme a lei”, destacou a técnica social do programa PISA/IFBA, Lucilane Oliveira.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui