Comitiva da União Europeia, Unicef, CNBB e Cáritas Suíça e Cáritas brasileira visitaram bairros afetados pelas fortes chuvas em Medeiros Neto

Comitiva da União Europeia, Unicef, CNBB e Cáritas Suíça e Cáritas brasileira visitaram bairros afetados pelas fortes chuvas em Medeiros Neto. Fotos: Ascom

O prefeito da cidade de Medeiros Neto, Beto Pinto, recepcionou na última sexta-feira (07), uma comitiva com representantes da União Europeia, Cáritas Suíça, Cáritas brasileira, Regional Nordeste 3, Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que visitou a cidade de Medeiros Neto, uma das cidades do extremo sul da Bahia mais afetadas pelas fortes chuvas.

Estiveram presentes na reunião e nas visitas nos bairros mais afetados pelas duas inundações, o prefeito, Beto Pinto, a secretária de Assistência Social, Lana Pinto, a secretária de Saúde, Júnia Garcia, o vereador Ermisvaldo do PT, o padre Leônidas Cardoso Reis Júnior, o especialista para Emergências Rápidas da ECHO/União Europeia para as Américas, Roman Majcher, a gestora do Programa Brasil da Cáritas Suíça, Rebekka Reischmann e a coordenação nacional da Cáritas Brasileira, Valquíria Lima e demais autoridades.

Em reunião na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, os presentes relataram e discutiram os problemas causados pelas chuvas, bem como na busca de soluções urgentes de enfrentamento. Após o momento de diálogo, o prefeito, Beto Pinto e as autoridades presentes, conduziram a comitiva para uma visita aos locais mais afetados na cidade, como a rua Ibirajá – (Pó) e adjacências no centro, bairro Olaria, parte baixa do bairro São Bernardo, Capixaba, e áreas de risco, como o morro do gato e parte baixa da rua 7 de setembro. Na oportunidade, visitaram também o terreno adquirido pelo prefeito para a construção das moradias para as famílias afetadas.

O objetivo da visita da comitiva foi visualizar de perto os estragos causados pelas chuvas na cidade de Medeiros Neto.

Segundo Rebekka Reischmann, gestora do Programa Brasil da Cáritas Suíça, os organismos internacionais estão se mobilizando, junto às paróquias, entidades parceiras e ao Poder Público, para ajudar as famílias atingidas pelas fortes chuvas.

Comente!

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui